Voltar para o topo

Notícias

25/11/20 11:33

Conheça os atletas escalados para a disputa da Copa Brasil Interclubes de Judô

Clubes convocaram força máxima para buscar o título da nova competição por equipes do judô nacional

O pesado David Moura é um dos destaques da equipe do Instituto Reação. Foto: Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br O pesado David Moura é um dos destaques da equipe do Instituto Reação. Foto: Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br

No retorno do calendário nacional, a Copa Brasil Interclubes de Judô reunirá grandes nomes do Judô brasileiro, de 25 a 29 de novembro, em Santana de Parnaíba, São Paulo. Principal evento nacional da modalidade no ano, a competição é organizada pela Confederação Brasileira de Judô e apresentada pelo Bradesco, patrocinador master do Judô brasileiro há 10 anos. 

Para brigar pelo título inédito, os seis clubes participantes escalaram força máxima, trazendo para o shiai-jo nomes conhecidos da torcida brasileira, como Maria Portela, peso médio da Sogipa, David Moura, peso-pesado do Instituto Reação, Rafael Buzacarini, meio-pesado do Paineiras do Morumby, Beatriz Souza, pesado do Esporte Clube Pinheiros, entre outros que também integram a seleção principal.  

A Copa Brasil será disputada pelo Instituto Reação (RJ), a Sogipa (RS), o Minas Tênis Clube (MG), o Esporte Clube Pinheiros (SP), o Clube Paineiras do Morumby (SP) e o Sesi (SP), formados, em sua maioria, por judocas que integram a seleção brasileira principal.


CLIQUE AQUI E VEJA A ESCALAÇÃO COMPLETA DOS SEIS CLUBES

 

O QUE DIZEM OS ATLETAS

 

Maria Portela (70kg, Sogipa/RS) 

“Minha expectativa nesta competição é que consigamos voltar a competir em casa, com segurança, da melhor maneira possível e vencendo. O nosso time é unido e vamos entregar o nosso melhor na competição”, destacou a atleta olímpica Maria Portela, que veio direto de Guadalajara, onde sagrou-se bicampeã pan-americana - individual e equipe - no último domingo, 23, representando a seleção brasileira no Pan de Judô.  

Jéssica Pereira (57kg, Instituto Reação/RJ) 

 “Minha expectativa é grande de poder voltar a competir dentro do Brasil, principalmente nessa competição interclubes, competindo com a minha equipe e poder representar o Instituto Reação”, disse Jéssica Pereira, que também veio do Pan, depois de ser fundamental para a equipe brasileira vencer Cuba na final da disputa por equipes. Coube a ela vencer a luta de desempate que garantiu o ouro para o Brasil, no domingo. 

Eduardo Bettoni (90kg, Minas Tênis Clube/MG)

“Os atletas em geral estão muito ansiosos para a competição. A volta aos tatames marca o novo normal e como será daqui para frente. A competição vem em boa hora. Podemos testar e nos preparar para os novos desafios do novo mundo”, ressaltou Eduardo Bettoni, peso médio e um dos mais experientes da forte equipe do Minas Tênis Clube. 

Rafael Buzacarini (100kg, Paineiras do Morumby/SP)

“Vamos com tudo!”, resumiu o vibrante Rafael Buzacarini “Bolo Cru”, meio-pesado do Clube Paineiras do Morumby e vice-campeão pan-americano em Guadalajara também nesse final de semana. 

 

O QUE DIZEM OS TREINADORES  

Sérgio Baldijão, supervisor técnico do Esporte Clube Pinheiros

“A iniciativa da CBJ na criação da Copa Brasil Interclubes de Judô, num momento tão difícil como o que o mundo está vivendo, em razão da pandemia, coloca mais uma vez nossa modalidade em grande destaque nacional e vem possibilitar que toda a comunidade do judô possa participar do evento, se não competindo, mas interagindo com os principais clubes brasileiros e em especial com os grandes atletas que, com certeza absoluta, proporcionarão grandes espetáculos”, projetou Sergio Baldijão, supervisor técnico do Pinheiros.  

Fulvio Miyata, técnico do Minas Tênis Clube

“Evento muito importante com visibilidade inédita da modalidade no cenário competitivo. Destaque por ser um evento interclubes, que valoriza o trabalho e o investimento dos clubes. A expectativa é que seja uma competição de alto nível técnico, com os melhores atletas representando seus respectivos clubes”, destacou Fulvio Miyata, técnico do Minas Tênis Clube. 

Alexandre Lee, técnico do Clube Paineiras do Morumby

“Estamos muito motivados com o retorno e felizes com a oportunidade. O Judô competitivo do Paineiras completou dez anos no mês passado e nossa expectativa para a Copa é subir no pódio e festejar os dez anos do Judô Paineiras”, disse Alexandre Lee, técnico do Paineiras do Morumby. 

Geraldo Bernardes, técnico do Instituto Reação

“Estamos ansiosos para voltar a competir e rever nossos adversários e amigos. Lógico que queremos vencer, embora respeitando sem temer todos os outros clubes. Agradecemos a CBJ e ao Bradesco pelo empenho para realizar e desenvolver esse magnífico evento”, ressaltou Geraldo Bernardes, técnico do Instituto Reação. 

Antônio Carlos Pereira “Kiko”, técnico da SOGIPA 

“A Copa Brasil, já em sua primeira edição, será fundamental para a retomada em alto nível do calendário do Judô, que é um dos esportes mais vencedores do Brasil. Outro aspecto importante é o protagonismo e a visibilidade que os clubes receberão no evento”, enfatizou Antônio Carlos Pereira, técnico da SOGIPA. 

Omar Miquinioty, técnico do SESI

“A Competição é uma iniciativa arrojada e fantástica da CBJ. Nesse momento de pandemia será uma inovação no Judô brasileiro, com a participação de entidades e clubes de ponta do Judô Nacional. A expectativa do SESI é realizar uma boa participação, pois a maioria dos nossos atletas é da equipe de base, bem como nossos atletas Seniores também vieram da nossa base. Nosso Time é 100% formado no SESI”, destacou Omar Miquinioty, técnico do SESI.





Veja Também
07/03/21 14:53 Beatriz Souza é vice-campeã do Grand Slam de Tashkent 06/03/21 19:12 Com maioria dos votos, Silvio Acácio Borges é reeleito presidente da CBJ para o próximo ciclo olímpico 06/03/21 11:19 ACOMPANHE AS ELEIÇÕES DA CBJ 05/03/21 12:53 Larissa Pimenta fica em 5º e Jéssica Pereira em 7º no primeiro dia de Tashkent 03/03/21 10:09 Eleições CBJ - Nova composição da chapa Resgate à União do Judô 01/03/21 12:49 Seleção embarca para o Uzbequistão rumo ao Grand Slam de Tashkent 26/02/21 13:59 Zempo, sistema de gestão da CBJ, passa por atualização e ganha novas funcionalidades 24/02/21 17:11 Nota de pesar - Francisco de Carvalho Filho 20/02/21 14:14 Maria Suelen Altheman conquista a medalha de bronze no último dia de Grand Slam de Tel Aviv 19/02/21 17:02 ELEIÇÕES CBJ - Conheça as chapas registradas no pleito para a presidência da CBJ
PATROCINADORES
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Apoio
Travel Ace Assistance
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB