Voltar para o topo

Notícias

15/01/20 13:35

CBJ recebe visita do sensei Tadao Nagai, professor kôdansha 9º Dan de Pernambuco

O presidente da CBJ, Silvio Acácio Borges, recebeu o fundador da Associação Nagai de Judô (PE) e seus familiares

Presidente Silvio Acácio Borges recebe visita do sensei Tadao Nagai, na sede da CBJ. Foto: Lara Monsores/CBJ Presidente Silvio Acácio Borges recebe visita do sensei Tadao Nagai, na sede da CBJ. Foto: Lara Monsores/CBJ

A Confederação Brasileira de Judô recebeu, em sua sede, no Rio de Janeiro, um dos principais professores de judô do Brasil, o sensei Tadao Nagai, de Pernambuco. Em visita ao Rio de Janeiro, o sensei aproveitou para conhecer a CBJ, onde foi recebido pelo presidente Silvio Acácio Borges. O professor kôdansha 9° Dan filiado à Federação Pernambucana de Judô é o fundador da Associação Nagai de Judô, uma das academias de judô mais tradicionais de Recife.

Ele visitou a CBJ acompanhado pelo vice-presidente da Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro, Leonardo Lara, e por familiares.

Sua filha, Silvana Nagai, também é professora de judô e, atualmente, conduz os projetos sociais Malacacheta, no Complexo do Alemão, e na Cruzada do Menor, no Shopping Nova América, ambos no Rio de Janeiro, onde promove o acesso gratuito à prática e aprendizado da arte marcial. Nesta sexta, 17, eles farão uma apresentação de Judô no Festival de Cultura Japonesa Rio Matsuri, no Rio Centro. 

Na última edição do Encontro Nacional de Kôdanshas, em 2019, o sensei e professor Nagai foi homenageado, pelo presidente Silvio Acácio, com a Comenda do Cinquentenário da CBJ – honraria entregue aos kôdanshas mais graduados presentes no evento. 

TADAO NAGAI - Tadao Nagai iniciou o Judô aos 11 anos, foi aluno do Sensei Ryzuo Ogawa, grande referência do Judô Nacional e aos 15 formou-se faixa preta, um dos mais novos da sua geração. Hoje, 9º Dan de Judô, a história do Sensei Nagai, confunde-se com a história do Judô Brasileiro.

Como atleta foi chamado de “Menino de Ouro”, por sua desenvoltura, considerado pelo Profº Kotani, 8º Dan (Kodokan), o atleta mais técnico no Torneio Internacional, em que participou Argentina, Brasil e Japão.

Quando ainda morava em São Paulo, foi convidado a chefiar a Seleção Brasileira que sagrou-se campeã Pan-Americana no México, em 1987.

Em 1945 foi transferido para Recife, pelo IBC e em 1971 fundou a Associação Nagai e de lá para cá, formou diversos faixas pretas e campeões não só nos tatamis, mas na vida.





Veja Também
21/02/20 14:41 Conselho Nacional de Graduação se encontra em Brasília para avaliar promoções de grau 21/02/20 11:20 Brasil tem sétimo lugar de Daniel Cargnin no primeiro dia de Grand Slam em Düsseldorf 20/02/20 14:15 Judô brasileiro conhece seus primeiros adversários no caminho para o pódio do Grand Slam de Düsseldorf 20/02/20 11:06 Aurélio Miguel e Rogério Sampaio são homenageados pelo Governo Federal no Centenário Olímpico do Brasil 19/02/20 15:12 CBJ e Sport For Tomorrow reunem-se com secretário do Esporte, em Brasília 18/02/20 12:13 Com estreia de Mayra Aguiar, seleção brasileira de judô disputa Grand Slam de Düsseldorf a partir desta sexta-feira 16/02/20 13:58 Judô brasileiro mantém sequência de pódios e conquista sete medalhas nos Abertos Europeus preparatórios para o Grand Slam de Düsseldorf 14/02/20 15:44 Após seminário na Bahia, Workshop Judô Nas Escolas chega ao Mato Grosso do Sul 14/02/20 13:49 Presidente da CBJ dá boas-vindas a japoneses e franceses em intercâmbios técnicos no Brasil 13/02/20 14:44 Febaju comemora oportunidade de receber o Workshop Judô Nas Escolas em parceria com a CBJ e a Embaixada do Japão
PATROCINADORES
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Apoio
Travel Ace Assistance
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB