Voltar para o topo

Notícias

05/12/19 10:52

Homenagens, planejamento para 2020 e adesão em massa da arbitragem: o sucesso do I Encontro Nacional de Arbitragem da CBJ

Evento reuniu cerca de 170 árbitros e dirigentes na Câmara dos Vereadores de Balneário Camboriú (SC), na última sexta-feira, 29, em encontro inédito promovido pela CBJ

No final de semana, disputas acirradas e muitas conquistas durante o Campeonato Brasileiro Sênior. Antes dele, na sexta-feira, 29, um marco para a arbitragem brasileira: o I Encontro Nacional de Arbitragem CBJ celebrou os profissionais da classe, na Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú, em Santa Catarina, com homenagens, debates e a entrega do uniforme oficial de arbitragem da CBJ.

“Balneário é uma cidade muito boa, que acolhe todo mundo muito bem, capital do turismo catarinense e está se preparando cada vez mais para atender demandas como esta. Acho que não teria cidade melhor para fazer estes eventos que não fosse Balneário Camboriú”, destacou o presidente da Federação Catarinense de Judô, Moises Gonzaga Penso. 

Com adesão em massa, o evento contou com cerca de 163 árbitros de todo o Brasil, de todas as categorias, dos Nacionais aos FIJ A, coordenadores estaduais e, também, com a presença de diversas autoridades locais, grandes mestres do judô, como Michiharu Sogabe, Kenzo Minami e Dante Kanayama, além de presidentes de federações estaduais, como Alcindo Campos (PA), Rodolfo Leite (MA), Alessandro Puglia (SP), Marcelo Ornelas (BA), Paulo Cezar Ferreira (RR) e Luiz Gonzaga Filho (DF). O auditório lotado da Câmara de Vereadores evidenciou a importância do evento, histórico e inédito para a classe. 

“Quando pensamos em fazer esta ação não imaginávamos a repercussão que teríamos. O engajamento que envolveu as federações, com os presidentes do Maranhão, Roraima, Brasília, São Paulo, Bahia e Pará presentes”, indicou o presidente da Confederação Brasileira de Judô, Silvio Acácio Borges, ao lado do vice-presidente Danys Queiroz. 

Além de divulgar para a arbitragem as próximas ações para 2020, o encontro também valorizou aqueles que contribuem para elevar o nível dos profissionais que atuam não só no Brasil, mas também fora dele. O FIJ A Edison Minakawa, coordenador nacional de arbitragem da CBJ, e o coordenador nacional de Kata da CBJ, Rioti Uchida, receberam uma placa de agradecimento pelos serviços prestados ao judô brasileiro.  

Um dos momentos de maior emoção foi o anúncio das promoções dos árbitros Gerson Paulino, Icracir Rosa e Luis Yamate à FIJ A Honoríficos. Coube ao presidente Silvio Acácio entregar o tão esperado certificado enviado pela Federação Internacional de Judô aos homenageados.   

“Conversei com a nossa vice-presidente Seloí Totti, e ela ressaltou o prestígio do árbitro nesta ação. A adesão de cada um dos senhores fez com que marcasse muito forte este primeiro encontro de árbitros e, que em momento algum, esta equipe havia sido tão prestigiada. A nossa gestão sempre buscou prestigiar os senhores, que são referências em todas as classes que os observam. Porém não está havendo privilégio a esta categoria e, sim, uma valorização, um resgate, e tenho certeza que o nosso judô transita num caminho mais aberto e sólido, principalmente pelo fato de estarmos fazendo uma administração de uma entidade como a CBJ de uma forma muito transparente”, concluiu o presidente Silvio Acácio Borges antes de conduzir uma apresentação sobre os números gerais e ações da CBJ, detalhando o panorama esportivo e administrativo do judô brasileiro na atualidade.  

Judô que vem de berço 

Prestigiando o I Encontro Nacional de Arbitragem, a vereadora de Balneário Camboriú, Juliethe Nitz, ressaltou a confiança no trabalho dos profissionais presentes e  revelou que as raízes do judô estão fincadas na família da parlamentar, principalmente nas próximas gerações.

“Eu estou grávida de sete meses e já ganhei um quimono de presente do meu marido, que já tem dois filhos praticantes da modalidade. Nossa menina nascerá no tatami, já está com os dias contados”, revelou Nitz. 

Encerramento à altura com reverência ao primeiro medalhista olímpico do judô brasileiro, Chiaki Ishii  

Para fechar em grande estilo as atividades do I Encontro Nacional de Arbitragem, a Confederação Brasileira de Judô homenageou o sensei Chiaki Ishii, primeiro medalhista olímpico da modalidade pelo país, com a outorga da comenda da primeira Ordem do Mérito do Judô Brasileiro, em reconhecimento à importância do sensei na história da modalidade no Brasil.

 "Minha vida toda foi só treinar judô, tudo pelo judô. Fico muito emocionado de receber esse diploma e a medalha. Gostei muito da homenagem", resumiu Ishii, que também foi indicado pela CBJ para integrar o Hall da Fama do Comitê Olímpico do Brasil neste ano.  

A entrega do diploma e da medalha aconteceu no sábado, 30, e teve como testemunhas os coordenadores estaduais de arbitragem que participavam do Encontro; a família de Ishii, que foi a Camboriú ao lado da filha, Vânia, do genro e de sua esposa; a presidência da CBJ, representada pelo presidente Silvio Acácio e pelo vice Danys Queiroz; além dos presidentes das Federações baiana, paraense, paulista, maranhense, do Distrito Federal e de Roraima. 

Após a homenagem, o grupo seguiu para o Ginásio Multi-Eventos Sergio Lorenzato, que recebeu as disputas do Campeonato Brasileiro Sênior, e todos os presentes reverenciaram, de pé, o primeiro medalhista olímpico e mundial da história do judô brasileiro. 

ACESSE AQUI a galeria de fotos do I Encontro Nacional de Arbitragem





Veja Também
27/01/20 11:31 Judô brasileiro disputará Abertos de Odivelas e Sófia em preparação para o Grand Slam de Paris 25/01/20 14:35 Judô brasileiro fecha Grand Prix de Tel Avi em grande estilo com mais três medalhas neste sábado, 25 24/01/20 23:16 Nota oficial - Rafaela Silva 24/01/20 16:12 Presidente e gestores da CBJ prestigiam Shotyugueiko de Bastos 24/01/20 11:20 Eduardo Yudy vence Dominic Ressel com belo ippon e conquista segundo bronze do Brasil no Grand Prix de Tel Aviv 23/01/20 10:41 Daniel Cargnin vence israelense na disputa pelo bronze de Tel Aviv e fatura a primeira medalha do judô brasileiro em 2020 22/01/20 17:13 CBJ e Forças Armadas alinham planejamento técnico das equipes de judô para 2020 22/01/20 11:05 Após treinos na Europa, Judô brasileiro estreia no Grand Prix de Tel Aviv, nesta quinta, em busca das primeiras medalhas de 2020 21/01/20 17:36 Treinamento de campo Sub-21 promove intercâmbio entre brasileiros, franceses e argentinos, em São Paulo, nesta semana 16/01/20 13:46 Tashkent, no Uzbequistão, sediará o Campeonato Mundial Sênior de Judô 2021
PATROCINADORES
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Apoio
Travel Ace Assistance
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB