Voltar para o topo

Notícias

23/09/19 16:44

De virada, Pinheiros vence revanche contra o Instituto Reação e é campeão do Grand Prix Nacional de Judô

Triunfo veio com um belo ippon de Eduardo Yudy sobre David Moura

O grito de campeão, preso na garganta há um ano, hoje está mais forte do que nunca. Finalistas do Grand Prix Nacional de Judô em 2018, Instituto Reação e Pinheiros reviveram a rivalidade da última edição e quem se deu bem foi a equipe paulista: vitória por 4 a 1 sobre a agremiação carioca, nesta segunda-feira (23), no SESI Taguatinga, em Brasília.

Na defesa do título, o Instituto Reação começou a final na frente, com vitória acirrada de Juninho "Bomba" sobre Adriano Santos. O atleta da equipe carioca forçou três punições e conseguiu o primeiro ponto.

"Foi uma oportunidade enorme poder representar o Reação na primeira luta. Poder pontuar logo no início e sentir a confiança deles em mim, sem dúvidas, não tem preço. Toda competição eu saio mais forte. Me engrandece participar de competições como o Grand Prix", disse o "Bomba".

Logo em seguida, a campeã olímpica Rafaela Silva entrou no tatame para encarar Ellen Santana. A atleta paulista forçou dois shidos diante da carioca e, quando a luta entrou no golden score, Ellen precisou de 18 segundos para vencer o confronto por ippon e empatar o duelo em 1 a 1. O detalhe é que Rafaela é da categoria Leve (57kg) e no GP lutou no Médio (70kg), peso de origem de Ellen. 

"A luta foi dura com a Rafa, mas sempre estamos juntas nos campeonatos internacionais. Tenho grande respeito, mas quando a gente entra no tatame em equipes adversárias não tem jeito. Foi uma luta muito boa e fiquei feliz por vencer. O respeito pela Rafa segue o mesmo", afirmou Ellen.

O terceiro confronto teve Victor Penalber, pelo Reação, e Giovani "Pezão", pelo Pinheiros. Penalber usou a experiência para administrar a luta, forçando dois shidos em Giovani. Faltando dez segundos para o fim, "Pezão" conseguiu o ippon e virou o placar. Dois a um para o clube paulista.

Precisando empatar a decisão, Luiza Cruz teve confronto duro contra Maria Suelen Altheman. Experiente, a atleta do Pinheiros soube controlar a luta e venceu imobilizando Luiza até o ippon. 

David Moura foi o responsável por tentar dar uma sobrevida ao Reação diante de Eduardo Yudy. Mas não foi páreo para um ágil peso médio (81kg), que conseguiu um ippon surpreendente contra o peso pesado e a vitória do Pinheiros por 4 a 1 no Grand Prix Nacional de Judô. Foi o primeiro título do clube paulista em formato de equipe mista, como será nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

"Estava motivado para disputar o Grand Prix e acabou sobrando uma vaga para mim na competição. Chamei a responsabilidade e estou muito feliz que consegui decidir a luta e dar o título para o Pinheiros. Pra mim foi importante lutar aqui, serviu como treinamento e posso levar muitas coisas para o Grand Slam", concluiu Yudy.

Antes da grande final, a Sogipa e o Minas Tênis Clube garantiram o bronze do Grand Prix. A equipe do Rio Grande do Sul venceu o Paineiras, enquanto o clube mineiro conquistou o terceiro lugar com triunfo sobre o Paulistano.

 

Foto: Tati Amaya/MCS





Veja Também
23/11/20 15:33 Copa Brasil Interclubes de Judô terá torcida virtual com acesso a imagens exclusivas da competição 22/11/20 15:29 Brasil bate Cuba por 4 a 3 e conquista o título do Pan-Americano de judô por equipe 21/11/20 23:45 Maria Portela e Maria Suelen são campeãs e Brasil lidera quadro geral de medalhas do Pan de Judô 21/11/20 18:06 Cargnin e Takabatake são campeões em primeiro dia com seis medalhas para o Brasil no Pan de Judô 19/11/20 21:49 RESULTADOS FINAIS - NACIONAL DE JUDÔ FUNCIONAL CBJ 2020 18/11/20 12:50 Seleção brasileira de judô disputa Campeonato Pan-Americano, no México, neste final de semana 18/11/20 12:31 Reaberto há quatro meses, Centro de Treinamento do COB segue como “refúgio” para atletas brasileiros 13/11/20 14:03 Seleção conclui treinamento de campo preparatório para o Pan-Americano de Guadalajara 13/11/20 13:23 Sob o lema “Juntos Somos Mais Fortes”, solidariedade e compreensão auxiliam os judocas do Amapá a disputar o Nacional de Judô Funcional 10/11/20 14:12 CBJ lançará, em novembro, versão traduzida do Manual de Ensino do Judô com Segurança, da Federação Japonesa de Judô
PATROCINADORES
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Apoio
Travel Ace Assistance
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB