Voltar para o topo

Notícias

29/11/21 14:37

Circuito Mundial - Judô brasileiro fecha temporada 2021 com ouro e bronze no Grand Slam de Abu Dhabi

Pesado Beatriz Souza (+78kg) foi campeã e Ketleyn Quadros (63kg) conquistou bronze no meio-médio na última competição internacional do ano

A temporada de competições internacionais do judô chegou ao fim nesse final de semana com a disputa do Grand Slam de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. E o judô brasileiro encerrou o ano da melhor forma possível, com duas atletas no pódio. Beatriz Souza (+78kg) confirmou o favoritismo e conquistou a medalha de ouro, sua primeira em etapas de Grand Slam, enquanto Ketleyn Quadros (63kg) manteve a consistência de resultados e levou a medalha de bronze na categoria até 63kg. A novata Eduarda Rosa (70kg) também lutou em Abu Dhabi, mas caiu na estreia.  

Atual número dois do mundo, Bia chegou ao último Grand Slam do ano como cabeça-de-chave número um. Ela precisou de apenas duas lutas para conquistar a medalha de ouro. Primeiro, bateu a mongol Adiyasuren Amarsaikhan com um ippon escandaloso destacado até pela Federação Internacional de Judô em suas redes sociais.  

Na decisão, a brasileira encarou a atleta mais pesada do Circuito Mundial, a francesa Léa Fontaine, campeã europeia júnior e prata no Grand Slam de Paris. Com mais mobilidade e técnica, Beatriz projetou Fontaine ao chão para marcar um waza-ari no início da luta e administrou a vantagem forçando ainda duas punições à adversária. Vitória e ouro inédito para Bia em Grand Slam.  

Os mil pontos não serão suficientes para ultrapassar a francesa Romane Dicko, bronze em Tóquio, que fechará o ano como número do mundo. No entanto, Beatriz fecha 2021 como a melhor brasileira no ranking mundial.  


Ketleyn Quadros é bronze em retorno pós-Tóquio 


Retornando às competições depois do sétimo lugar nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Ketleyn Quadros mostrou que ainda está em grande forma e garantiu sua segunda medalha em Grand Slam neste ano.  

Em Abu Dhabi, ela estreou com vitória por ippon sobre Sappho Coban, da Alemanha, mas caiu nas quartas-de-final diante da australiana Katharina Haecker. Na repescagem, a brasileira conseguiu se impor e vencer Gili Sharir, de Israel, com um waza-ari e o ippon.  

Na luta pelo bronze, Ketleyn imobilizou Renata Zachova, da República Tcheca, e faturou a medalha para o Brasil. Com os pontos, ela fecha 2021 em 8º no ranking mundial do 63kg.  


Próxima parada é a Seletiva Nacional 
 

Se a temporada internacional chegou a fim, a nacional ainda tem mais uma parada. Nos dias 15 e 17 de dezembro a CBJ realizará a Seletiva Nacional - Projeto Paris 2024 para formar a seleção brasileira de 2022. Os medalhistas do Rio 2016 e os atletas classificados até a 7ª colocação em Tóquio 2020 já estão garantidos na seleção do próximo ano.  

Os demais deverão lutar por uma das duas vagas que estarão em jogo na Seletiva. Dessa forma, Beatriz, que não foi a Tóquio, ainda terá de enfrentar as adversárias brasileiras na Seletiva para manter sua posição na equipe principal. Ketleyn, por outro lado, está dispensada por ter ficado em 7º em Tóquio. 





Veja Também
12/08/22 17:36 Elite do judô brasileiro disputa Troféu Brasil e Grand Prix Nacional de Judô na próxima semana, em Belo Horizonte 12/08/22 15:43 Guilherme Morais vai às oitavas do Mundial Júnior e tem o melhor desempenho do Brasil no terceiro dia de competição 11/08/22 16:58 Kaillany Cardoso (63kg) conquista a prata no Mundial Júnior, primeira medalha do Brasil na competição 10/08/22 16:57 Aléxia Nascimento e Michel Augusto ficam em quinto lugar no primeiro dia do Mundial Júnior 09/08/22 17:23 Em homenagem surpresa, presidente Silvio Acácio Borges recebe promoção ao 8º Dan 09/08/22 15:31 CBJ homenageia Aurélio Miguel com a comenda da Ordem do Mérito 09/08/22 14:36 Comunicado - Transmissão do Campeonato Brasileiro de Veteranos 08/08/22 15:10 Após dois anos de pandemia, Encontro Nacional e Pan-Americano de Kôdanshas tem retorno presencial em Joinville-SC com recorde de participantes 08/08/22 10:45 Campeonatos Brasileiros de Veteranos e Kata levam quase 600 judocas à Joinville-SC 02/08/22 09:15 Eventos da CBJ para Kôdanshas, Árbitros, Veteranos e Kata, em Joinville, têm recordes de inscritos
PATROCINADOR OFICIAL
 
Apoio
Travel Ace Assistance CBC
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB