Voltar para o topo

Notícias

08/10/21 14:43

Luana Carvalho conquista a medalha de bronze no Mundial Júnior, segundo pódio do Brasil na competição

Brasileira venceu alemã Friederiek Stolze por ippon para ficar com a medalha no peso Médio feminino (70kg), nesta sexta, em Olbia, Itália

O judô brasileiro voltou ao pódio do Campeonato Mundial Júnior (Sub-21), nesta sexta-feira, 08, em Olbia, Itália. Luana Carvalho, de apenas 19 anos, conquistou a medalha de bronze na categoria até 70kg, vencendo a alemã Friederiek Stolze por ippon. Essa foi a segunda medalha de bronze do Brasil na competição. A primeira veio com Rafaela Batista (48kg), na quarta-feira, 06.  

"Estou muito feliz com essa conquista, levando essa medalha para casa e pro Brasil! Obrigado a todos pela torcida”, comemorou a peso médio brasileira após o pódio. “Gostaria de agradecer, primeiramente, a Deus, minha equipe Umbra-Vasco, minha sensei Soraya Amorelli, porque sem ela eu não estaria aqui, ela é minha inspiração todos os dias e ao Andrézão, que não está mais entre nós, mas deve estar muito feliz com essa conquista. Agradeço também à CBJ pela oportunidade e por confiar em mim.”

Luana é a atual campeã pan-americana júnior e chegou ao Mundial como a número 3 do ranking mundial Sub-21. Estreou com vitória por ippon, imobilizando a sul-coreana Hyeonji Yu, para avançar às oitavas-de-final, onde bateu Mariem Khlifi, da Tunísia, também na técnica de solo.  

Nas quartas-de-final, a brasileira conseguiu projetar Lara Cvjetko, da Croácia, para marcar um waza-ari. A adversária, contudo, conseguiu duas projeções que valeram o ippon e a vaga na semifinal, mandando Luana à repescagem.  

Na penúltima luta do dia, a brasileiravenceu Jennifer Czerlau, da Hungria, com um waza-ari, no Golden score, para dar o último passo rumo ao pódio.  

Na luta pelo bronze, Luana entrou com tudo e não deu chances à alemã Friederik Stolze, utilizando mais uma vez uma técnica de ne-waza (luta no solo) para imobilizar e assegurar sua primeira medalha em Campeonatos Mundiais.  

Luana é atleta do clube Umbra-Vasco da Gama, do Rio de Janeiro, e começou no judô aos 10 anos, por diversão. Ela já vem recebendo investimento da CBJ desde as classes menores, participou dos Jogos Olímpicos de Tóquio como sparring da medalhista olímpica Mayra Aguiar, além de disputar o Grand Slam de Brasília 2019 e o Grand Prix de Zagreb 2021 com a equipe principal.  

No masculino, o Brasil teve dois representantes nesta sexta. Marcos Santos (81kg) e Victor Hugo Nascimento (90kg) venceram suas lutas de estreia, mas pararam nas oitavas-de-final.  

A competição continua neste sábado e domingo, com outros quatro brasileiros em ação, além da equipe, que fechará a programação no domingo. Amanhã, lutarão Eliza Ramos (78kg), Beatriz Freitas (78kg), Kayo Santos (100kg) e Daniel Silva (+100kg). 

 

PERFIL

LUANA CARVALHO - @carvalhoo_luanaa

Nome completo: Luana Oliveira de Carvalho 

Nascimento: 27/03/2002 (19 anos)

Naturalidade: Rio de Janeiro, RJ

Clube: UMBRA - CLUBE DE REGATAS VASCO DA GAMA 

Técnico (a):  Soraya Amorelli 

Categoria: Médio 70kg

Kumikata (pegada): Destra

Tokui-waza (técnica preferida): O-soto-gari 

O que seria, além de judoca: Nunca pensei em ser outra coisa sem ser judoca.

Judoca que mais te inspira:  Eu me inspiro diariamente na minha Sensei, que tanto batalha e se dedica para dar o melhor para os seus atletas. Ela é muito guerreira e é uma inspiração pra mim. Se não fosse ela eu não estaria onde estou hoje!

Início no judô: Comecei o judô com 10 anos de idade. No início, era mais por diversão e porque tinha o tempo livre durante a parte da tarde/noite. Comecei desde pequenininha lá na Umbra com a Sensei Soraya Amorelli e sigo lá até hoje. 

O que mais gosta no judô: Através do judô, eu pude conhecer pessoas incríveis e fazer grandes amizades que quero levar pra vida. Gosto de competir, sentir aquela adrenalina, aquele frio na barriga e, no fim da competição, aquela sensação de alívio, que deu tudo certo e que todo trabalho e dedicação foram recompensados. 

Expectativa para o Mundial: Estou com uma grande expectativa para essa competição. Sei que não vai ser fácil mas estou preparada pra ir lá e buscar o meu melhor resultado!   

Principais resultados recentes:

Ouro no Pan Sub-21 2021

Bronze no Meeting Nacional Sub-21 2020

Prata nos Jogos Escolares da Juventude 2019

7º no Mundial Sub-18 2019

Bronze na Copa Europeia Sub-18 de Coimbra 2019

Prata na Copa Europeia Sub-18 de Fuengirola 2019





Veja Também
29/11/21 14:37 Circuito Mundial - Judô brasileiro fecha temporada 2021 com ouro e bronze no Grand Slam de Abu Dhabi 29/11/21 14:12 Judô brasileiro finaliza Pan de Cali com 11 medalhas e cinco vagas em Santiago 2023 26/11/21 19:36 Brasileiro Sênior - Com três ouros, Rio Grande do Sul é campeão geral no masculino 26/11/21 16:26 Brasileiro Sênior - Alagoas e Rio Grande do Sul conquistam primeiros ouros 25/11/21 18:47 Abu Dhabi - Brasil tem três judocas no Grand Slam de Abu Dhabi, que fecha o Circuito Mundial em 2021 25/11/21 17:32 Cali 2021 - GUIA DO JUDÔ NOS JOGOS PAN-AMERICANOS SUB-21 24/11/21 19:31 CBJ promove palestra sobre integridade no esporte aos atletas, técnicos, árbitros e staff do Brasileiro Sênior 23/11/21 18:37 Minas Gerais fatura quatro ouros e é campeão geral da etapa feminina do Campeonato Brasileiro Sênior de Judô 2021 23/11/21 08:58 ASSISTA AO VIVO - Campeonato Brasileiro de Judô - Sênior Feminino 22/11/21 19:26 BRASILEIRO SÊNIOR FEMININO - GUIA DA COMPETIÇÃO
PATROCINADOR MASTER
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
PARCEIROS DE MÍDIA
 
Apoio
Travel Ace Assistance
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB