Voltar para o topo

Notícias

27/03/21 08:57

Maria Portela é campeã do Grand Slam de Tbilisi, na Geórgia

Brasileira venceu russa Madina Taimazova na final e garantiu a primeira medalha do Brasil na competição

A judoca brasileira Maria Portela garantiu o Brasil no lugar mais alto do pódio ao conquistar a medalha de ouro do Grand Slam de Tbilisi, na Geórgia, neste sábado, 27, batendo a russa Madina Taimazova na grande final da categoria médio feminina (70kg). Foi a primeira medalha do país na competição e o primeiro ouro do judô brasileiro no ano olímpico. Com os mil pontos conquistados, Maria Portela deve subir no ranking mundial e se aproximar de uma posição de cabeça-de-chave para os Jogos Olímpicos de Tóquio.  

Portela é uma das atletas mais experientes do Circuito Mundial e, seu último pódio foi também um ouro, no Campeonato Pan-Americano de Guadalajara, em novembro do ano passado.

Em Tbilisi, a gaúcha de Santa Maria, venceu cinco combates para conquistar seu terceiro título de Grand Slam. Primeiro, superou Ugne Pileckaite, da Lituânia, nas puniçoes. Em seguida, bateu Donja Vos, da Holanda, por ippon, e, nas quartas-de-final, superou Asma Alrebai, do Barein, nas punições.  

Para chegar à decisão, Portela foi estratégica e contra-golpeou a belga Gabriela Willems para anotar um waza-ari no golden score da semifinal.  

Na final contra Taimazova, a brasileira foi estratégica, mais uma vez, e venceu nas punições (3-1) para finalizar o dia com o desempenho perfeito. 

O Brasil ainda teve Ellen Santana nessa categoria. Ellen pegou, logo na primeira luta, a venezuelana Elvismar Rodriguez, que foi sua algoz na disputa de bronze do Grand Slam de Tashkent há duas semanas. Novamente, a brasileira levou a pior no combate e despediu-se mais cedo da competição.  

Ketleyn Quadros fica em 7º lugar 

No meio-médio feminino (63kg), a seleção contou com duas representantes e por pouco não teve mais uma atleta na disputa por medalhas. Depois de vencer Nadia Simeoli, da Itália, e Laerke Olsen, da Dinamarca, Ketleyn Quadros caiu para a russa Daria Davydova, nas quartas-de-final, e não conseguiu recuperar-se na repescagem diante da húngara Szofi Ozbas. Assim, a brasiliense fechou sua participação com um 7º lugar.   

Na mesma categoria, Aléxia Castilhos começou bem a luta contra a chinesa Junxia Yang, pontuando com um waza-ari, mas sofreu a virada e não avançou na chave.  

O Brasil não teve representantes nas categorias masculinas neste sábado. Eduardo Katsuhiro (73kg) testou positivo para COVID-19 e foi afastado da competição. Como medida preventiva, o meio-médio Eduardo Yudy Santos (81kg), que teve contato próximo com Katsuhiro, foi igualmente retirado do evento, apesar de testar negativo. Ambos estão assintomáticos e cumprindo os protocolos necessários sob supervisão da comissão médica da CBJ presente na Geórgia.  

No domingo, 28, último dia de competição, o Brasil contará com Rafael Macedo (90kg), Leonardo Gonçalves (100kg), Rafael Silva (+100kg), Maria Suelen Altheman (+78kg) e Beatriz Souza (+78kg). 





Veja Também
12/08/22 17:36 Elite do judô brasileiro disputa Troféu Brasil e Grand Prix Nacional de Judô na próxima semana, em Belo Horizonte 12/08/22 15:43 Guilherme Morais vai às oitavas do Mundial Júnior e tem o melhor desempenho do Brasil no terceiro dia de competição 11/08/22 16:58 Kaillany Cardoso (63kg) conquista a prata no Mundial Júnior, primeira medalha do Brasil na competição 10/08/22 16:57 Aléxia Nascimento e Michel Augusto ficam em quinto lugar no primeiro dia do Mundial Júnior 09/08/22 17:23 Em homenagem surpresa, presidente Silvio Acácio Borges recebe promoção ao 8º Dan 09/08/22 15:31 CBJ homenageia Aurélio Miguel com a comenda da Ordem do Mérito 09/08/22 14:36 Comunicado - Transmissão do Campeonato Brasileiro de Veteranos 08/08/22 15:10 Após dois anos de pandemia, Encontro Nacional e Pan-Americano de Kôdanshas tem retorno presencial em Joinville-SC com recorde de participantes 08/08/22 10:45 Campeonatos Brasileiros de Veteranos e Kata levam quase 600 judocas à Joinville-SC 02/08/22 09:15 Eventos da CBJ para Kôdanshas, Árbitros, Veteranos e Kata, em Joinville, têm recordes de inscritos
PATROCINADOR OFICIAL
 
Apoio
Travel Ace Assistance CBC
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB