Voltar para o topo

Notícias

21/02/20 11:20

Brasil tem sétimo lugar de Daniel Cargnin no primeiro dia de Grand Slam em Düsseldorf

Meio-leve venceu três lutas, mas caiu na repescagem diante de georgiano e ficou fora da disputa pelo bronze, nesta sexta

A seleção brasileira de judô estreou nesta sexta-feira, 21, no Grand Slam de Düsseldorf e teve como melhor resultado um sétimo lugar do meio-leve Daniel Cargnin (66kg). Outros sete judocas do Brasil lutaram nesta madrugada, mas ficaram nas primeiras rodadas. A competição continua neste sábado, 22, e o país terá outros sete competidores na busca por medalhas.   

Nas preliminares, Daniel venceu três lutas seguidas por ippon para chegar às quartas-de-final. Passou por Devin Waldenburg, da Jamaica, na primeira; por Alan El Idrissi, dos Estados Unidos, na segunda rodada; e por David Garcia Torne, da Espanha, nas oitavas.  

Nas quartas, Daniel encarou um dos melhores do mundo na sua categoria, o japonês Hifume Abe, duas vezes campeão mundial, que conseguiu um waza-ari de vantagem sobre o brasileiro e avançou à semifinal.  

Na repescagem, Cargnin enfrentou o judoca da Geórgia, Bagrati Niniashvili, que também pontuou com um waza-ari e seguiu para a disputa pelo bronze, deixando o sétimo lugar para o brasileiro.  

Daniel Cargnin é o atual número 5 do ranking mundial e, com esse resultado, somou 260 pontos. Em seu currículo, ele conta com uma medalha de ouro em etapas de Grand Slam. Foi em casa, em Brasília, no ano passado, que Cargnin conquistou sua primeira medalha em Grand Slam. 

 

Resultados dos brasileiros - Dia 1

48kg

- Gabriela Chibana caiu na primeira luta por waza-ari para Narantsetseg Ganbaatar (MGL)
- Nathália Brígida não passou por Julia Figueroa (ESP) na primeira luta

52kg

- Eleudis Valentim parou na alemã Verena Thum, na primeira luta.
- Sarah Menezes foi superada por Ana Perez Box (ESP), na primeira rodada. 

57kg

- Ketelyn Nascimento estreou com vitória por waza-ari sobre Brenda Andriatiana, de Madagascar, mas parou na segunda luta diante da russa Daria Mezhetskaya. 

60kg

- Eric Takabatake venceu Maximilian Heyder, da Alemanha, por waza-ari, na primeira luta. Nas oitavas, ele parou no ippon do belga Jorre Verstraeten.
- Felipe Kitadai enfrentou dois campeões mundiais nas primeiras rodadas. Venceu o mongol Ganbat Boldbaatar, na primeira luta, mas não foi páreo para o japonês Naohisa Takato, tricampeão mundial, na segunda luta.  





Veja Também
27/03/20 20:23 Clubes e CBJ promovem Desafio Olímpico, ao vivo, no Instagram 27/03/20 13:58 SESSÃO PIPOCA – Assista a documentários, reportagens especiais e vídeos sobre Judô 25/03/20 14:01 ALÉM DO JUDÔ – Judoca e enfermeira 24/03/20 15:39 Nota Oficial - Adiamento dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 24/03/20 14:56 Clubes apostam em plataformas digitais para manter atletas ativos durante a quarentena 24/03/20 12:32 Reações de dirigentes e atletas do Judô sobre o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para 2021 23/03/20 16:36 COB reforça orientações e recomendações aos atletas sobre cuidados com o Coronavirus 21/03/20 13:39 Confederação Brasileira de Judô endossa posicionamento do COB em defesa do adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 18/03/20 18:33 ALÉM DO JUDÔ - Judoca e advogado
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB