Voltar para o topo

Notícias

17/10/19 15:14

Jeferson Santos Júnior (73kg) termina em quinto lugar no segundo dia de Mundial Sub-21, em Marraquexe

Brasileiro disputou bronze com italiano e obteve o melhor desempenho do dia nesta quinta-feira. Vitória Andrade (63kg) foi à repescagem e ficou em sétimo lugar

No segundo dia do Mundial de Judô Sub-21 de Marraquexe, no Marrocos, o Brasil foi representado pelos judocas Vitória Andrade (57kg), Ryanne Lima (63kg), Jeferson Santos Júnior "Bomba" (73kg) e Julio Cesar Koda (73kg). Os melhores resultados vieram com os pesos leves Jeferson e Vitória, que chegaram ao bloco final de disputas e não subiram ao pódio por detalhes. Jeferson deixou o bronze escapar em combate acirrado com o italiano Edoardo Mella, enquanto Vitória parou na repescagem diante da sul-coreana Jisu Kim, medalhista de bronze no Grand Slam de Paris deste ano. 

"Bomba" venceu as quatro primeiras lutas por ippon, com destaque para a vitória sobre nas punições sobre o argelino Karim Oudjane, número 8 do ranking mundial da classe, nas oitavas de final. Na semifinal, o brasileiro foi surpreendido pelo russo Georgii Elbakiev, que conseguiu um waza-ari no golden score e avançou à final.

No duelo pelo bronze, o italiano Edoardo Mella, levou a luta para o golden score após sofrer uma punição e achou um waza-ari para ficar com a medalh. Com isso, Juninho terminou o Mundial na quinta posição, melhor resultado do judoca no torneio.

Vitória Andrade, por outro lado, começou sua jornada na segunda rodada, por ser cabeça de chave. Teve como adversária a nepalesa Manita Shrestha Pradhan. Vitória manteve a luta sob controle, forçou um shido na adversária e venceu com um waza-ari. Na terceira rodada, conseguiu mais um waza-ari, desta vez sobre a francesa Ambre Saba.

Nas quartas de final, o desafio foi contra a holandesa Pleuni Cornelisse, número 3 do ranking mundial sub-21. A brasileira conseguiu forçar uma punição em Cornelisse, mas sofreu uma imobilização no final do tempo regulamentar que acabou resultando em ippon.

Na repescagem, encarou a sul-coreana Jisu Kim que, apesar de ter apenas 18 anos, já roda no circuito mundial sênior e disputou o Mundial de Tóquio neste ano. Kim conseguiu um waza-ari faltando 20 segundos para o fim e avançou para a disputa de bronze, enquanto Vitória Andrade encerrou sua participação em sétimo lugar no Mundial.

Dupla despede-se na primeira rodada

Ryanne Lima (63kg) estreou em Marraquexe diante da croata Iva Oberan. Em duelo equilibrado, Oberan forçou shidos na brasileira e conseguiu vencer o combate. Foi a segunda participação de Ryanne Lima no Campeonato Mundial da classe, tendo estreado em 2018, nas Bahamas.

Já o estreante Julio Koda Filho (73kg) enfrentou o belga Abdul Malik Umayev, número 14 do mundo no ranking júnior. Koda impôs o seu jogo e forçou duas punições em Abdul. Mas, faltando um minuto para o fim do duelo, acabou sofrendo o ippon que abreviaou sua participação na competição.

Três brasileiros em ação nesta sexta-feira, 18

O terceiro dia do Campeonato Mundial Sub-21 terá três brasileiros em ação no tatami de Marraquexe. Guilherme Schimidt (81kg), Marcelo Gomes (81kg) e Igor Morishigue (90kg) representam o Brasil em busca das medalhas. Os duelos preliminares acontecem às 6h30*, com as disputas de medalhas sendo iniciadas a partir de 12h*. O site live.ijf.org transmite os confrontos, ao vivo e gratuito.

Até o momento, o Brasil tem um ouro, de Willian Lima (66kg), além dos bronzes de Larissa Pimenta (52kg) e Michael Marcelino (66kg). 

*Horário de Brasília

Brasil termina em quinto com Juninho Bomba no segundo dia do Mundial de Judô Sub-21

Vitória Andrade (63kg) leva o país ao sétimo lugar da categoria; Ryanne Lima (57kg) e Julio Cesar Koda (73kg) ficam na primeira fase


No segundo dia do Mundial de Judô Sub-21 de Marraquexe, no Marrocos, o Brasil foi representado por quatro judocas nas categorias Leve e Meio-Médio, masculina e feminina: Vitória Andrade (57kg), Ryanne Lima (63kg), Juninho Bomba (73kg) e Julio Cesar Koda (73kg). Vitória e Juninho venceram suas lutas preliminares e chegaram até o bloco final da competição, mas as medalhas não vieram. Bomba terminou em quinto, enquanto Vitória ficou na sétima posição, caindo na repescagem.


Juninho Bomba venceu as quatro primeiras lutas por ippon, com destaque para o confronto contra o argelino Karim Oudjane, número 8 do ranking mundial da classe, nas oitavas de final. Bomba soube adminstrar a luta e venceu Karim nas punições (shido). Na semifinal, Juninho foi surpreendido pelo russo Georgii Elbakiev, que conseguiu um waza-ari no golden score e avançou para a final.


No duelo da repescagem, Bomba enfrentou o italiano Edoardo Mella, levou a luta para o golden score, mas acabou sofrendo um waza-ari no primeiro minuto. Com isso, Juninho Bomba terminou o Mundial na quinta posição, melhor resultado do judoca no torneio.


Vitória Andrade começou sua jornada no Mundial na segunda rodada, por ser cabeça de chave. Teve como adversária a nepalesa Manita Shrestha Pradhan. Vitória manteve a luta sob controle, forçou um shido na adversária e venceu a luta com um waza-ari. Na terceira rodada, conseguiu mais um waza-ari, desta vez sobre a francesa Ambre Saba. 


Nas quartas de final, a adversária foi a holandesa Pleuni Cornelisse, número 3 do ranking mundial da classe. Vitória conseguiu impor uma punição em Cornelisse, mas sofreu uma imobilização no final do tempo regulamentar que acabou resultando em ippon. Na repescagem, encarou a sul-coreana Jisu Kim, bronze no Grand Slam de Paris 2019. Kim conseguiu um waza-ari faltando 20 segundos para o fim e avançou para a disputa de bronze, enquanto Vitória Andrade encerrou sua participação em sétimo lugar no Mundial.


Dupla se despede na primeira rodada

Ryanne Lima (63kg) estreou em Marraquexe diante da croata Iva Oberan. Em um duelo equilibrado, Oberan forçou shidos na brasileira e conseguiu vencer o duelo nas penalidades. Foi a segunda participação de Ryanne Lima no Campeonato Mundial da classe, tendo estreado em 2018, nas Bahamas.


Estreante no Mundial, Julio Cesar Koda enfrentou o belga Abdul Malik Umayev, número 14 do mundo na classe. Koda impôs o seu jogo e forçou duas punições em Abdul, mas faltando um minuto para o fim do duelo acabou sofrendo um ippon do adversário, abreviando sua passagem no torneio.


Três brasileiros em ação nesta sexta-feira

O terceiro dia do Campeonato Mundial de Judô Sub-21 terá três brasileiros em ação no tatami de Marraquexe. Guilherme Schimidt (81kg), Marcelo Gomes (81kg) e Igor Morishigue (90kg) representam o Brasil em busca da medalha de ouro. Os duelos preliminares acontecem às 6h30*, com as disputas de medalhas sendo iniciadas a partir de 12h*. O site live.ijf.org transmite os confrontos, ao vivo e gratuito.

*Horário de Brasília


Foto: Rafal Burza / CBJ





Veja Também
13/11/19 15:45 Seleção brasileira de judô é convocada para o último Grand Slam do ano, em Osaka, no Japão 12/11/19 17:54 Em Brasília, CBJ debate participação de atletas e preparação para Tóquio, na Comissão do Esporte, da Câmara dos Deputados 11/11/19 15:34 Em ação de integração com Federação, CBJ recebe visita de dirigentes e árbitros do Rio de Janeiro 11/11/19 10:59 Brasil fatura 50 medalhas nos Pan-Americanos Sub-13 e Sub-15 de Judô disputados no México 09/11/19 20:15 Seletiva Sub-21 de judô conta com clubes tradicionais de outros esportes 09/11/19 20:13 CBI: Seletiva Nacional Sub-21 chega ao fim com campeões dentro e fora do tatami 09/11/19 20:09 Da lesão ao título: Marcos Santos (81kg) celebra recomeço com primeiro lugar no CBI Seletiva Nacional Sub-21 09/11/19 20:08 Coração Valente! Técnico piauiense retorna às competições após passar por transplante de coração 08/11/19 21:41 De olho no bicampeonato, Luiza Cruz quer final “caseira” na Seletiva Sub-21 08/11/19 20:30 CBI: Seletiva Nacional Sub-21 tem sete clubes campeões no primeiro dia
PATROCINADORES
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Apoio
Travel Ace Assistance
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB