Voltar para o topo

Notícias

07/10/19 17:31

Presidente Silvio Acácio Borges abre Grand Slam de Brasília oficialmente ao lado de autoridades nacionais e da FIJ

Cerimônia realizada nesta segunda, no CICB, foi prestigiada pelo Secretário Especial do Esporte, Décio Brasil, pelo vice-governador do DF, Paco Brito, e pelo diretor de marketing da FIJ, Vlad Marinescu

O Centro Internacional de Convenções do Brasil foi palco da cerimônia oficial de abertura do Grand Slam de Brasília nesta segunda-feira (7), antes das disputas de medalhas. Para saudar o público, estiveram presentes o presidente da Confederação Brasileira de Judô, Silvio Acácio Borges; o diretor de marketing da FIJ, Vlad Marinescu; Décio Brasil, secretário Especial do Esporte do Ministério da Cidadania; e Paco Britto, vice-governador de Brasília.

A importância de voltar a sediar um torneio de porte internacional, principalmente no cinquentenário da entidade, foi destacada pelo presidente da Confederação.

"Não foram pequenos ou poucos os esforços para chegarmos a esse espetáculo que estamos vendo. No ano em que a CBJ completa 50 anos, este evento vem coroar essa comemoração, bem como fazer o retorno do Brasil aos grandes eventos mundiais", disse Silvio Acácio.

Incentivar a prática do judô é um legado que o vice-governador do Distrito Federal, ressaltou durante a cerimônia de abertura do evento. A presença maciça de crianças e jovens judocas só reflete a grandeza do Grand Slam.

"Estamos estimulando nossos jovens, trazendo alunos dos centros Olímpicos e Paralímpicos para assistirem o Grand Slam no nosso Estado e terem a percepção que o esporte é uma oportunidade de ouro", ressaltou o vice-governador, que revelou torcida para os atletas de Brasília, Guilherme Schimidt e Ketleyn Quadros.

A parceria da Confederação Brasileira de Judô com o Ministério da Cidadania foi ratificada pelo secretário Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, general Décio Brasil. As políticas de fomento ao esporte foram lembrada pelo secretário.

“É uma ação muito grande do poder público poder colaborar com recursos para a realização de um evento como esse. Isso é fruto da Lei de Incentivo ao Esporte, que proporciona a realização de eventos e a inclusão de atletas nas mais diferentes modalidades”, disse Brasil.

Já o porta-voz da FIJ, Vlad Marinescu, destacou a força dos judocas brasileiros, principalmente atuando em casa com o apoio da torcida.

"O Brasil é um país com grande histórico no judô. Incríveis atletas de nível internacional e grandes resultados. Espero que o público se divirta e que tenhamos muitos ippons", concluiu.

Após o cerimonial oficial, os atletas brasileiros brilharam, mais um vez, e o Brasil terminou o segundo dia com quatro medalhas. Anfitriã no torneio, Ketleyn Quadros faturou o ouro ao vencer Alexia Castilhos, que ficou com a prata, na final da categoria Meio-Médio feminina. A outra prata veio com David Lima, na final da categoria Leve masculina, contra o russo Musa Mogushkov. O bronze veio com Maria Portela, que venceu a canadense Kelita Zupancic na disputa de terceiro do peso Médio feminino.

Foto: Rafal Burza / CBJ





Veja Também
22/10/19 14:30 Judô brasileiro vai com 11 atletas para o Grand Slam de Abu Dhabi 22/10/19 12:02 Brasil leva a prata e o bronze na disputa por equipes dos Jogos Mundiais Militares, em Wuhan, na China 20/10/19 14:26 Brasil termina em quinto lugar no Mundial por Equipes Mistas Sub-21, em Mararquexe 20/10/19 13:55 Beatriz Souza, Leonardo Gonçalves e David Moura faturam bronze nos Jogos Mundiais Militares, em Wuhan, na China 19/10/19 21:11 Seleção Júnior fecha Mundial Individual com quatro medalhas e coloca Brasil em quinto no quadro geral 19/10/19 20:19 Rafaela Silva vence Andreea Chitu por ippon e é campeã dos Jogos Mundiais Militares, em Wuhan, na China 18/10/19 13:56 Guilherme Schimidt (81kg) fatura o bronze no terceiro dia do Mundial Júnior, em Marraquexe 18/10/19 11:11 Judocas brasileiros disputam Jogos Mundiais Militares de Wuhan neste final de semana 17/10/19 18:15 Nota de pesar - Lázaro de Mello Brandão 17/10/19 15:14 Jeferson Santos Júnior (73kg) termina em quinto lugar no segundo dia de Mundial Sub-21, em Marraquexe
PATROCINADORES
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Apoio
Travel Ace Assistance
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB