Voltar para o topo

Notícias

23/09/19 16:42

Minas e Sogipa conquistam os bronzes do CBI Grand Prix Nacional de Judô

Equipe de Belo Horizonte derrotou o Paulistano, enquanto gaúchos passaram pelo Paineiras, ambos com placares de 4 a 0

As equipes do Minas Tênis Clube (MG) e da Sogipa (RS) garantiram-se, mais uma vez, no pódio no Campeonato Brasileiro Interclubes - Grand Prix Nacional de Judô ao derrotarem os times do Club Athletico Paulistano e Clube Paineiras do Morumby, respectivamente. Os dois confrontos terminaram o placar de quatro a zero nas finais disputadas nesta segunda-feira, 23, no SESI Taguatinga, em Brasília, Distrito Federal. O título ficou com o Pinheiros, que derrotou o Reação por quatro a um na final.  

A primeira disputa de bronze foi entre Sogipa e Paineiras. David Lima (73kg/Sogipa), em combate equilibrado, superou Eduardo Katsuhiro (73kg/Paineiras) nas punições e abriu o placar. Em seguida, Maria Portela (70kg/Sogipa) imobilizou Agnes Motta (70kg/Paineiras) até o ippon e ampliou a vantagem para os gaúchos.  

Rafael Macedo (90kg/Sogipa) deixou a Sogipa ainda mais perto da medalha ao projetar Leonardo Lopes (90kg/Paineiras) duas vezes por waza-ari, e Aine Schimidt (+70kg), também com dois waza-ari, superou Pamella Palma para garantir a Sogipa entre as quatro melhores equipes do Brasil.  

“Fazer o quarto ponto é muita responsabilidade. Mas, equipe é uma competição que eu luto tranquila, pois todos passam muita confiança. E estávamos bem no placar com  três a zero. Fui para fazer o melhor. O resultado é consequência do trabalho que estava sendo feito e foi um pelo outro, o que dá muita força para lutar”, avaliou Aine Schimidt, da Sogipa.  

No segundo duelo pelo bronze, o Minas Tênis Clube abriu um a zero sobre o Club Athletico Paulistano com a vitória de Julio Koda Filho (73kg/Minas) sobre Rai Silva (73kg/Paulistano) com um vaza-ari no Golden score.  

Da mesma forma, Millena Silva (70kg/Minas) derrotou Vitoria Silva (70kg/Paulistano) e fez o segundo ponto do Minas. Eduardo Bettoni (90kg/Minas) passou por Victor Nascimento (90kg/Paulistano) com ippon, e Sarah Nascimento (+70kg/Minas) fechou o placar em quatro a zero para o Minas com vitória por ippon sobre Thauana Silva.

“Nossa equipe veio bem preparada, estávamos bem fortes. Perdemos a semifinal, mas estamos feliz com a terceira colocação”, resumiu o peso Leve Julio Koda Filho ao final do duelo. 

Essa foi a segunda edição do Grand Prix Nacional de Judô no formato com equipes mistas. O modelo segue o regulamento da nova prova olímpica que valerá a 15ª medalha em Tóquio 2020. 

 

Foto: Tati Amaya/MCS





Veja Também
29/05/20 12:56 Luciano Corrêa, Marcelo Theotônio e Amadeu de Moura Jr ministrarão curso para treinadores organizado pela Confederação Pan-Americana de Judô 28/05/20 17:07 Técnicos da região Norte participam do segundo encontro do Fórum Regional de Judô de Alto Rendimento 28/05/20 16:22 Presidente Silvio Acácio reúne-se com Federações, Conselhos, Gestores e Coordenações Nacionais em nova rotina virtual durante pandemia 27/05/20 14:11 CBJ lança planos de fundos personalizados para videoconferências 26/05/20 15:01 FIJ lança plataforma de treino digital com exercícios e desafios específicos de Judô 25/05/20 15:38 Veteranos lançam disputa virtual com o primeiro Open de Judô Funcional 25/05/20 11:53 Febaju lança campanha de apoio às academias e professores de judô da Bahia 22/05/20 18:03 Federação Matogrossense de Judô promove ações sociais de combate ao Covid-19 18/05/20 16:53 CBJ promove I Fórum Regional de Judô de Alto Rendimento com encontro online com técnicos do Nordeste 15/05/20 13:10 Nota de Pesar - Haruo Nishimura
PATROCINADORES
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Apoio
Travel Ace Assistance
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB