Voltar para o topo

Notícias

22/05/17 15:21

Érika Miranda e Rafaela Silva assumem vice-liderança de suas categorias no Ranking Mundial

Judocas são as melhores brasileiras na atualização do WRL desta segunda após o Grand Slam da Rússia. Brasil tem 12 Tops 10

A Federação Internacional de Judô atualizou o Ranking Mundial nesta segunda-feira, 22, com os pontos do Grand Slam de Ecaterimburgo disputado nesse final de semana. Érika Miranda (52kg) e Rafaela Silva (57kg), campeã e bronze, respectivamente, no último sábado na Rússia, assumiram a vice-liderança em suas categorias e são as brasileiras mais bem colocadas na listagem. Os outros quatro medalhistas do Brasil no Grand Slam também melhorarm suas posições.

Clique aqui e veja o Ranking Mundial completo.


O ouro de Érika lhe garantiu cinco posições no Ranking. Mas, a diferença para a número um do mundo, Majlinda Kelmendi, do Kosovo, ainda é grande, de 1096 pontos.

Já Rafaela, ganhou uma posição e encostou na líder Sumiya Dorjsuren, sua adversária da final no Rio. A diferença entre as duas é de apenas 324 pontos.   

O peso-pesado David Moura subiu 16 posições com os 1000 pontos do ouro na Rússia e figura agora como o quinto melhor do mundo na categoria liderada pela lenda francesa Teddy Riner. Mas, a diferença entre os dois é de apenas 330 pontos. No mesmo peso, Rafael Silva, que foi sétimo no Grand Slam, subiu uma posição e está em 10º.

Medalhista de prata, Charles Chibana somou 700 pontos, subiu nove posições e agora é o número nove do mundo no meio-leve, categoria liderada pelo sul-coreano An Baul, vice-campeão olímpico no Rio.

Quem também entrou para o Top 10 de sua categoria foi a meio-médio Mariana Silva. Os pontos conquistados pelo bronze na Rússia fizeram a judoca subir 12 lugares e as colocaram em 10º no ranking. Mesma posição da pesado Maria Suelen Altheman, que ficou em quinto no Grand Slam e subiu duas posições. 

Porém, ninguém subiu mais posições do que Marcelo Contini (73kg), que ficou com a prata na Rússia. O peso leve ganhou nada menos do que 23 posições e está em 13º na categoria liderada por seu algoz na Rússia, o japonês Soichi Hachimoto. 

Com a atualização, o Brasil agora tem 12 atletas no Top 10 em 11 das 14 categorias: Eric Takabatake (60kg/4º), Charles Chibana (66kg/9º), Victor Penalber (81kg/7º), David Moura (+100kg/5º), Rafael Silva (+100kg/10º), Stefannie Arissa Koyama (48kg/7º), Érika Miranda (52kg/2º), Rafaela Silva (57kg/2º), Mariana Silva (63kg/10º), Maria Portela (70kg/6º), Samanta Soares (78kg/9º) e Maria Suelen Altheman (+78kg/10º). 





Veja Também
28/01/22 19:13 Rafaela Silva é ouro em Almada: "Determinada a voltar a estar entre as melhores" 28/01/22 12:09 Rafaela Silva está na final do Grand Prix de Almada, nesta sexta 27/01/22 18:07 Com estrelas e estreantes, judô brasileiro disputa Grand Prix de Portugal a partir desta sexta, 28 26/01/22 14:10 Critérios de Convocação da Seleção Brasileira de Judô para o ciclo Paris 2024 25/01/22 17:18 CBJ e CBDV estreitam laços por judô cada vez mais inclusivo e vitorioso 25/01/22 15:14 Seletiva Nacional Sub-18 e Sub-21 retorna ao calendário abrindo as competições do judô brasileiro em 2022 24/01/22 16:40 Treinamento de campo nacional de veteranos levará judocas para o QG da seleção brasileira 12/01/22 15:49 CBJ lança Programa de Desenvolvimento das Equipes de Transição do judô brasileiro 11/01/22 12:09 Daniel Cargnin inicia ciclo Paris 2024 em nova categoria de peso 10/01/22 17:04 Novo ciclo, novas regras
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
PARCEIROS DE MÍDIA
 
Apoio
Travel Ace Assistance CBC
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB