Voltar para o topo

Notícias

01/01/16 11:07

Edison Minakawa e Jeferson Vieira são árbitros aptos a atuar nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016

Associação Internacional de Esportes para Deficientes Visuais (IBSA) já divulgou lista oficial com 12 nomes. Federação Internacional de Judô (IJF) tem pré-lista com 18 árbitros.

O Brasil ainda não sabe quem serão os atletas que estarão nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 mas conduzindo os combates já se tem ideia. Edison Minakawa e Jeferson Vieira são árbitros aptos a atuar nos maiores eventos esportivos do planeta. A Associação Internacional de Esportes para Deficientes Visuais (IBSA, na sigla em inglês) já divulgou lista oficial com 14 nomes (dois serão reservas) e Jeferson Vieira está entre os titulares. Já a Federação Internacional de Judô (IJF) tem uma pré-lista com 18 árbitros e Edison Minakawa está entre eles.

“Acredito que o Minakawa estará entre os titulares nos Jogos Olímpicos. Para mim, será um grande prazer poder atuar ao lado dele já que nossa história dentro da arbitragem nacional é muito parecida. Começamos a carreira quase juntos, fizemos o mesmo exame para árbitro internacional (FIJ C), fizemos a primeira viagem para uma competição internacional juntos e agora, se tudo der certo, vamos atuar nos Jogos dentro da nossa casa. É um orgulho enorme”, disse Jeferson Vieira, que também atua na Gestão de Arbitragem da CBJ, comandada pelo professor José Pereira.

Jeferson Vieira é árbitro internacional FIJ A e atua na Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro. Nos Jogos Paralímpicos, os atletas são portadores de deficiência visuais e, por isso, as regras tem algumas adaptações como, por exemplo, o início do combate se dá com os dois judocas com a pegada posicionada. Vieira já atua em eventos de judô paraolímpico há quase dez anos.

“É a sensação de dever cumprido porque o trabalho que está sendo feito está sendo correspondido. Eu poderia ter ido à Pequim mas ainda não era internacional A. A arbitragem brasileira esteve muito bem representada pelo professor Chuno Mesquita (que também atuou em Londres 2012). A minha hora chegou e estar arbitrando na minha cidade é uma emoção a mais”, completou Vieira.

A Federação Internacional de Judô divulgou uma lista com 18 nomes de árbitros aptos a atuar nos Jogos Olímpicos Rio 2016. De acordo com a FIJ, serão selecionados os 12 melhores ranqueados mais dois extras, sendo um da Oceania e outro da África (não necessariamente os que constam da lista). Outros quatro ficarão como reservas. Oficialmente, os nomes devem ser divulgados em julho, depois do Grand Slam de Tóquio. Se for confirmado, será a segunda Olimpíada de Edison Minakawa.  

“Eu tenho a grata experiência de arbitrar nos mais diversos eventos do circuito da FIJ: Grand Prix, Grand Slam, World Masters, Mundial. Inclusive um Mundial aqui no Brasil. Posso afirmar com essa experiência que na Olimpíada cada luta que você arbitra é uma final, é uma responsabilidade muito grande, é diferente. Dá um friozinho na barriga mas é uma alegria enorme”, disse Minakawa que atuou no Mundial Rio 2013. “Existem países em que é muito claro o amor pelo judô. Quando atuei aqui, ficou muito evidente o calor humano da torcida e isso também nos contagia”.

A listas com os nomes dos árbitros convocados para os Jogos Paralímpicos e pré-convocados para os Jogos Olímpico do ano que vem pode ser conferida abaixo:

Jogos Paralímpicos Rio 2016
Jeferson Vieira (BRA)
Eduardo Garcia (POR)
Angelo Santelia (FRA)
Balázs Gosztony (HUN)
Olga Dmitrieva (RUS)
Sebastian Schek (GER)
Fariz Huseynov (AZE)
Gregory Moore (USA)
Maria Morena Antomarchi  (VEN)
Chai Ling (CHN)
Jhou Chang (TPE)
Shozo Oyama (JPN)

Reservas
Marylise Clement (SUI)
Ali Mohamad Azizi (IRI)

Jogos Olímpicos Rio 2016
Edison Minakawa (BRA)
Akinobu Osako (JPN)
Vladimir Vostrikov (RUS)
Vincent Druaux (FRA)
Guoqiao Wang(CHN)
Josep Manuel Cortes (ESP)
Andreas Hempel (GER)
Annamaria Fridrich (HUN)
Vladimir Hnidka (CZE)
Ioana Babiuc (ROU)
Mashbat Bukhbat (MGL)
Nuno Carvalho (POR)
Vladimer Nutsubidze (GEO)
Everardo Garcia (MEX)
Gary Takemoto (USA)
Slawomir Kownacki (POL)
Laid Hamouche (ALG)
Lubomir Petr (AUS)





Veja Também
25/05/20 15:38 Veteranos lançam disputa virtual com o primeiro Open de Judô Funcional 25/05/20 11:53 Febaju lança campanha de apoio às academias e professores de judô da Bahia 22/05/20 18:03 Federação Matogrossense de Judô promove ações sociais de combate ao Covid-19 18/05/20 16:53 CBJ promove I Fórum Regional de Judô de Alto Rendimento com encontro online com técnicos do Nordeste 15/05/20 13:10 Nota de Pesar - Haruo Nishimura 15/05/20 12:53 Nota de Pesar - Antônio dos Santos Gomes 12/05/20 18:43 Em videoconferência, COB, CBJ e federações estaduais de judô debatem políticas de combate e enfrentamento ao assédio no esporte 11/05/20 11:30 Federação Internacional de Judô sugere protocolo para prática segura de Judô no contexto da pandemia de COVID-19 04/05/20 13:38 Confederação Pan-Americana de Judô realizará curso online para árbitros e treinadores 30/04/20 17:11 Coordenação Nacional de Arbitragem lança cartilha para árbitros com vocabulário internacional
PATROCINADORES
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Apoio
Travel Ace Assistance
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB