Voltar para o topo

Notícias

14/07/15 15:11

Luciano Corrêa e David Moura conquistam ouro e Brasil fica em primeiro no geral do judô em Toronto

Mayra Aguiar (78kg) ficou com a prata na final contra Kayla Harrison (USA) e Maria Suelen Altheman (+78kg) conquistou o bronze.

O Brasil conquistou mais duas medalhas de ouro no último dia de disputas do judô nos Jogos Pan-americanos de Toronto 2015 e fechou a competição em primeiro lugar geral da modalidade com 13 medalhas, sendo cinco ouros, duas pratas e seis bronzes. Implacáveis, Luciano Corrêa (100kg) e David Moura (+100kg) superaram Marc Deschenes (CAN) e Freddy Figueroa (ECU), respectivamente, nas suas finais e subiram no lugar mais alto do pódio. O peso-pesado conseguiu o ippon mais rápido da competição, finalizando a luta decisiva em apenas 13 segundos.

"Eu consegui acertar uma técnica que eu treino muito e estou muito feliz. Me programei para entrar muito ligado e não perder nenhuma oportunidade. É um adversário que eu conheço, já o havia vencido duas vezes, mas nunca tinha ganhado dele tão rápido assim", comentou David, que antes havia passado por Joshua Velasquez (PER) e Pedro Pineda (VEN) também por ippon.

Com dois ouros (Guadalajara 2011 e Toronto 2015) e um bronze (Rio 2007) em Jogos Pan-Americanos, Luciano Correa se tornou o 12º judoca brasileiro a conquistar três medalhas na competição poliesportiva mais importante das Américas. Nesta edição dos Jogos, Érika Miranda, Tiago Camilo e Mayra Aguiar também conseguiram o feito. Essa lista conta com nomes que fizeram história no judô brasileiro como Luiz Shinohara, Luiz Onmura, Frederico Flexa, Flávio Canto, Edinanci Silva, Danielle Zangrando, Soraia André e Vânia Ishii. Luciano dedicou a conquista desta terça ao companheiro de clube e seleção brasileira, Alex Pombo.

"Essa vitória é para ele. O Alex acabou lesionando o joelho e não conquistou sua medalha. Hoje lutei por ele", disse. "É um ouro que vale muito. Pra mim, é uma edição especial de Pan que antecipa o Rio e é bom saber que o nosso trabalho vem dando certo", completou o meio-pesado que, para chegar à final, superou por ippon Antoni Peña (VEN) e Hector Campos (ARG).

Terceira finalista do dia, Mayra Aguiar (78kg) venceu por ippon a mexicana Liliana Cardenas e levou Yallenis Castillo a sofrer duas punições para vencer a semifinal. Na decisão pelo ouro, a brasileira fez grande confronto com a campeã olímpica do meio-pesado, Kayla Harrison (USA), sofreu uma punição e acabou sofrendo o ippon no último segundo da luta, ficando, assim, com sua segunda medalha de prata em Jogos Pan-americanos.

"É horrível, eu odeio perder, me sinto mal, dá vontade de sair daqui e voar num treinamento. Mas, acontece. É esporte. Eu vou me fortalecer muito. A medalha de ouro vai vir nas Olimpíadas. Tem o Mundial esse ano também. Vou me preparar e focar nesses próximos desafios", projeta a campeã mundial de 2014. "Jogos Pan-americanos é uma competição dura na minha categoria. Tem vice-campeã olímpica, campeã olímpica. É claro que eu não estou satisfeita. Queria o ouro, mas eu tiro um aprendizado bom daqui", acrescentou.

A quarta conquista do país no dia teve gostinho especial para Maria Suelen Altheman que, depois de quase um ano afastada dos tatames recuperando-se de lesão no joelho, conquistou o bronze com um ippon sobre a dominicana Leidi German.

"Estou comemorando esse bronze como um ouro porque é minha primeira competição depois de nove meses sem lutar", comemorou a peso-pesado.

Com o fim das disputas, a seleção brasileira de judô se despede de Toronto nesta quarta-feira, 15, e desembarca no Brasil na quinta-feira, 16. O próximo compromisso da seleção nos tatames é o Grand Slam de Tyumen, na Rússia, já neste final de semana. Nenhum atleta que competiu em Toronto estará nesta disputa, mas a equipe contará com grandes nomes do judô, como os medalhistas olímpicos Ketleyn Quadros e Leandro Guilheiro.

Foto: William Lucas/Inovafoto






Veja Também
03/07/20 09:34 Em parceria com a Estácio, COB disponibiliza 50 bolsas de estudos integrais a atletas olímpicos e pan-americanos 30/06/20 14:36 Com mais de 10 mil visualizações e 2.357 inscritos, curso de Nage-no-kata bate recorde histórico no Youtube da CBJ 25/06/20 16:44 Em Live do COB, gestor de Alto Rendimento da CBJ avalia os impactos da pandemia no planejamento técnico do judô para Tóquio 2020 24/06/20 12:35 Comitê Olímpico do Brasil anuncia o cancelamento dos Jogos Escolares da Juventude de 2020 23/06/20 14:45 Programação do COB para o Dia Olímpico contará com time de peso do Judô 22/06/20 18:12 Primeiro curso online da CBJ de padronização de Nage-no-kata supera marca de 1.300 inscrições 22/06/20 14:02 Federação Amapaense de Judô monta uma equipe multidisciplinar para apoiar seleção do Amapá 19/06/20 14:56 Seleção brasileira de judô é convocada para período de treinos em Portugal 18/06/20 14:48 Webinar CBJ - Desafios da Arbitragem estreia neste sábado, 20, no Youtube da CBJ, com debate sobre regras do Judô 16/06/20 13:37 Open de Judô Funcional Veteranos consagra os seus campeões após 14 dias de disputas
PATROCINADORES
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Apoio
Travel Ace Assistance
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB