Voltar para o topo

Blogs

02/11/11

A imagem como forma complementar do treinamento de Judô

 
Poucos atletas de Judô possuem o hábito de se observar lutando, seja na competição ou em treinamento.
Esportistas de diversas modalidades procuram se observar para que possam repetir exaustivamente determinados movimentos buscando a perfeição da execução. 
 
A sensação que se tem quando se realiza determinado gesto esportivo é de que estamos realizando o movimento muito bem. Porém, nem sempre os receptores de localização do nosso corpo no espaço e no tempo fornecem uma informação correta ao cérebro. Para o corpo está tudo bem em relação ao referencial individual ou pessoal. Contudo, o técnico que está observando o atleta a treinar tem outro tipo de visualização do movimento.
 
 Neste caso, a utilização do vídeo vem ajudar ao atleta e ao próprio treinador a trabalhar em busca da perfeição técnica que pode resultar em um grande diferencial na hora da luta. Qualquer câmera pode ser empregada nesta ação, até mesmo um celular para se gravar o vídeo. Orienta-se apenas para que sejam executados vídeos de curta duração e que a câmera esteja fixa, sem variação dos eixos cartesianos x e y,  o que poderia mudar a interpretação da imagem, ou mesmo, não gerar nitidez na captura de um movimento. Com crianças ou jovens em desenvolvimento, percebe-se a necessidade de se impor mais o fator lúdico e menos competitivo no ensino de técnicas, assim como na execução do treinamento. 
 
A utilização do vídeo no treino é recomendada apenas a atletas juniores e seniores para evitar-se a especialização precoce dos praticantes mais novos. No momento em que a tecnologia é de fácil acesso a todos, é hora de explorar cada vez mais a potencialidade de nossos judocas gravando seus uchi-komi, nage-ai, kakari-geiko, tendoku-henshu, entre outras metodologias que compõem o planejamento esportivo do atleta de alto rendimento e repassar durante as aulas/treinos, com o intuito da auto-observação, autoavaliação e autocrítica na corrida pelo movimento perfeito. 
 
 
 
Para citar parte deste artigo ou na íntegra, utilize a seguinte referência respeitando o direito autoral:
 
MATARUNA, Leonardo. A Imagem como forma complementar do treinamento de Judô. Blog do Estrategismo. Publicado em 02 de novembro de 2011. Rio de Janeiro: CBJ, 2011. 






Veja Também
12/07/16 14:00 A Expectativa na Olimpíada 07/01/16 14:21 A excelência de uma equipe 07/10/15 14:39 Usar a regra a seu favor 17/08/15 14:46 Modernização 14/04/15 18:16 Recomendações do Seminário Nacional 27/02/15 12:22 Volta de Málaga e Seminário Nacional de Arbitragem 2015 16/01/15 17:01 Seminário de Arbitragem em Málaga (ESP) 26/11/14 16:32 Método de avaliação 02/10/14 14:30 Inovações e aprendizado 12/08/14 14:25 Tecnologia a favor do resultado justo
PATROCINADORES
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Apoio
Travel Ace Assistance
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB