Voltar para o topo

Notícias

03/12/21 15:24

CBJ homenageia seleção paralímpica de Tóquio com promoção de graduação

Judocas receberam certificados de graduação nesta sexta-feira, 03, durante o Grand Prix de Judô para Cegos realizado pela CBDV, em São Paulo

Os judocas que integraram a seleção paralímpica do Brasil nos Jogos de Tóquio 2020 foram homenageados pela Confederação Brasileira de Judô, nesta sexta-feira, 03, em São Paulo, com a promoção de suas graduações de acordo com a nova política de promoção de grau implementada pela gestão do presidente Silvio Acácio Borges à frente da CBJ.  

“Esse regime especial de promoção tem como finalidade valorizar os judocas paralímpicos da mesma forma que fizemos com os judocas olímpicos dentro dos critérios estabelecidos na Portaria Nº1 de novembro de 2020, reconhecendo sua enorme dedicação ao judô como atletas olímpicos e paralímpicos. É nosso interesse incentivar e valorizar essa categoria também”, disse o presidente da CBJ, Silvio Acácio Borges, que não pôde estar presente à homenagem, mas foi representado por Tibério Maribondo, ex-presidente da Federação de Judô do Estado do Rio Grande do Norte (FJERN). 

Os paralímpicos Alana Maldonado, Lúcia Araújo, Meg Emmerich, Arthur Silva, Thiego Marques, Willians Araújo e Harlley Arruda receberam seus novos certificados de graduação durante o tradicional Grand Prix Nacional de Judô para Cegos realizado pela CBDV e CPB, nesta sexta-feira. Karla Cardoso também foi promovida dentro dos mesmos critérios. Todos demonstraram gratidão às instituições pelo reconhecimento.  

“Muito grata pela homenagem que a CBJ, a CBDV e o Comitê fizeram aqui para a gente hoje. Muito obrigada”, disse Alana Maldonado, primeira mulher brasileira campeã paralímpica de judô. 

“Hoje o dia já começou incrível, recebendo a promoção pela participação nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. E é isso, o ciclo para Paris já começou, um ciclo bem curto e já estamos nesse campeonato brasileiro bem importante para a gente chegar bem preparado lá em Paris”, comentou Thiego Marques. 

Os medalhistas paralímpicos Daniele Milan (6º Dan) e Antônio Tenório (6º Dan) já haviam sido promovidos antes dos Jogos de Tóquio, tornando-se os primeiros paralímpicos Kodansha do Brasil.

 

Confira abaixo a lista dos judocas Paralímpicos de Tóquio 2020 promovidos: 

 

NOME

PROMOÇÃO

ALANA MALDONADO

 3° DAN

LÚCIA TEIXEIRA DE ARAÚJO

 3° DAN

MEG EMMERICH

 2° DAN

ARTHUR SILVA

 2° DAN

THIEGO MARQUES 

 1° DAN

WILLIANS ARAÚJO

 4° DAN

HARLLEY ARRUDA

 1° DAN

KARLA CARDOSO

 4° DAN





Veja Também
25/01/22 17:18 CBJ e CBDV estreitam laços por judô cada vez mais inclusivo e vitorioso 25/01/22 15:14 Seletiva Nacional Sub-18 e Sub-21 retorna ao calendário abrindo as competições do judô brasileiro em 2022 24/01/22 16:40 Treinamento de campo nacional de veteranos levará judocas para o QG da seleção brasileira 12/01/22 15:49 CBJ lança Programa de Desenvolvimento das Equipes de Transição do judô brasileiro 11/01/22 12:09 Daniel Cargnin inicia ciclo Paris 2024 em nova categoria de peso 10/01/22 17:04 Novo ciclo, novas regras 17/12/21 20:17 Seletiva 2021 - Equipe masculina de judô é formada para representar o Brasil em 2022 15/12/21 21:39 Seletiva 2021 - Equipe feminina de judô é definida para 2022 13/12/21 18:43 COMUNICADO - Kiko Pereira, Sarah Menezes e Andréa Berti integrarão comissão técnica da seleção brasileira de judô para o ciclo Paris 2024 08/12/21 15:58 Presidente e medalhistas olímpicos do judô prestigiam cerimônia do Prêmio Brasil Olímpico
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
PARCEIROS DE MÍDIA
 
Apoio
Travel Ace Assistance CBC
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB