Voltar para o topo

Notícias

05/10/19 07:18

Seleção treina em Brasília e recebe boas vindas do presidente da CBJ

Grupo fez atividades no tatame de treinamentos do CICB na sexta e neste sábado, véspera das disputas

A sexta-feira do Centro Internacional de Convenções do Brasil marcou o primeiro dia de treinamento da Seleção Brasileira de Judô. A delegação esteve presente na área de treinos do CICB durante o final da tarde e realizou atividades comandadas pela comissão técnica da Confederação.

A atividade, aberta para a imprensa, durou cerca de uma hora e serviu como aclimatação para os atletas que chegaram durante a manhã no hotel do Centro de Convenções. Prata da casa, Ketleyn Quadros ressaltou a importância da disputa do torneio na capital do país.

"É uma conquista não só do judô brasileiro, mas também da CBJ e de todos os colaboradores que trouxeram essa competição para Brasília. É uma oportunidade única, ainda mais para nós que somos um celeiro de atletas na modalidade. Acredito que veio para ficar e espero que tenha mais edições e que a gente aproveite da melhor forma. Eu, que sou de Ceilândia, vi vários amigos que ficaram pelo caminho, que não tiveram oportunidade no judô, talvez por falta de incentivo ou chances mesmo. Então, espero que o Grand Slam possa motivar muitos atletas brasilienses", afirmou Ketleyn, que também tem a companhia de Guilherme Schimidt, outro atleta do Distrito Federal.

Presidente da CBJ e autoridades dão as boas vindas para a delegação

Após o treino, atletas e comissão técnica da CBJ foram recebidos pelo presidente da Confederação, Silvio Acácio Borges, pelo gestor de Alto Rendimento, Ney Wilson, e pelo coronel Walter Jander, coordenador-geral da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania. O trio desejou sucesso e apoio durante a competição.

"Nossa expectativa é a melhor possível ao que vocês podem estar fazendo nesta competição. Superamos adversidades e estamos com o evento por realizar, e com vocês fica ainda mais completo. Estamos aqui para somar com vocês e desejamos toda sorte do mundo", disse Silvio.

A presença do coronel Jander reforça a parceria que a CBJ tem com o Ministério da Cidadania via Lei de Incentivo ao Esporte. A Lei é uma das principais fontes de recurso da Confederação, que financia as competições nacionais de judô, além de treinamentos de campo e participações dos atletas das seleções brasileiras em competições internacionais. E foi determinante para que Brasília sediasse o Grand Slam de Judô.

"É de suma importância a parceria que a CBJ tem com a Secretaria Especial do Esporte. Estive com o secretário Décio Brasil (secretário especial do Esporte) e ratificamos a importância do judô para o país. Houve um engajamento muito grande da CBJ e de outros segmentos para que este evento acontecesse aqui. E a realização desse Grand Slam só foi possível graças, não só aos nossos patrocinadores, mas, principalmente, com o suporte da Secretaria através da Lei de Incentivo ao Esporte", concluiu o presidente da Confederação.

A edição Brasília é a quinta do Grand Slam em território brasileiro. De 2009 a 2012, o evento foi realizado no Rio de Janeiro, com o país conquistando 61 medalhas no total, sendo 11 ouros, 19 pratas e 31 bronzes. De 6 a 8 de outubro, o Centro Internacional de Convenções do Brasil será a casa do judô mundial. As preliminares começam às 10h, e as disputas de medalhas serão disputadas a partir das 16h, horário de Brasília.

"Todos vocês que estão aqui têm um motivo e um objetivo, além de fazer um bom campeonato: a busca por uma vaga nas Olimpíadas. Não tem nada que seja impossível, depende da capacidade, vontade e determinação do sonho que vocês queiram realizar. É agarrar a chance que tem e uma delas é o Grand Slam", resumiu Ney Wilson, gestor de Alto Rendimento da CBJ.

Foto: Rafal Burza/CBJ





Veja Também
22/10/19 14:30 Judô brasileiro vai com 11 atletas para o Grand Slam de Abu Dhabi 22/10/19 12:02 Brasil leva a prata e o bronze na disputa por equipes dos Jogos Mundiais Militares, em Wuhan, na China 20/10/19 14:26 Brasil termina em quinto lugar no Mundial por Equipes Mistas Sub-21, em Mararquexe 20/10/19 13:55 Beatriz Souza, Leonardo Gonçalves e David Moura faturam bronze nos Jogos Mundiais Militares, em Wuhan, na China 19/10/19 21:11 Seleção Júnior fecha Mundial Individual com quatro medalhas e coloca Brasil em quinto no quadro geral 19/10/19 20:19 Rafaela Silva vence Andreea Chitu por ippon e é campeã dos Jogos Mundiais Militares, em Wuhan, na China 18/10/19 13:56 Guilherme Schimidt (81kg) fatura o bronze no terceiro dia do Mundial Júnior, em Marraquexe 18/10/19 11:11 Judocas brasileiros disputam Jogos Mundiais Militares de Wuhan neste final de semana 17/10/19 18:15 Nota de pesar - Lázaro de Mello Brandão 17/10/19 15:14 Jeferson Santos Júnior (73kg) termina em quinto lugar no segundo dia de Mundial Sub-21, em Marraquexe
PATROCINADORES
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Apoio
Travel Ace Assistance
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB