Voltar para o topo

Notícias

05/10/19 15:03

Seleção Brasileira conhece seus adversários no Grand Slam de Brasília

Sorteio aconteceu neste sábado, no CICB, local dos duelos. Competição começa neste domingo, às 10h30

A Seleção Brasileira de Judô inicia sua caminhada a partir deste domingo (6), no Grand Slam Judô Brasília 2019, competição que volta a ser disputada no Brasil após sete anos. O torneio, que dá ao vencedor 1000 pontos no ranking internacional da FIJ, impulsiona o judoca na luta por uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Na cerimônia de sorteio das chaves, realizada neste sábado no CICB, o país foi representado pelo presidente da CBJ, Silvio Acácio Borges; Leandro Cruz, secretário de Esporte e Lazer do DF; e Mayra Aguiar, atleta da categoria meio-pesado feminina e número dois do ranking mundial.

Os confrontos se iniciam às 10h30, no domingo (6), com as lutas preliminares, e as disputas de medalhas serão às 16h, horário de Brasília. No primeiro dia, entram no tatame as categorias Ligeiro, Meio-Leve e Leve feminina e Ligeiro e Meio-Leve masculina.

"Caímos em boas chaves, em geral. E qualquer competição que a gente entra, temos lutas equilibradas. O importante é que estamos preparados e temos que ir vencendo quem estiver pela frente. Se focarmos, temos tudo para chegar no pódio", disse a técnica da seleção masculina, Yuko Fujii.

Veja aqui as chaves de todas as categorias

"O sorteio ajuda bastante, mas o que pode fazer a diferença são as atitudes das atletas, a maneira como elas entram e como elas veem o desafio da competição. Agora precisamos lutar dentro do tatame e mostrar que o judô brasileiro é forte, principalmente aqui dentro, mostrando para o torcedor o quanto é importante o apoio deles", afirmou o técnico da seleção feminina, Mario Tsutsui.

Oportunidade de crescimento para os jovens e apoio da torcida

País-sede do torneio, o Brasil entra com uma delegação de 56 judocas, sendo quatro por categoria. Com isso, a comissão técnica convocou atletas da categoria de base para compor o grupo verde e amarelo, oferecendo a oportunidade de competir em alto nível no campeonato de relevância mundial.

"Grand Slam é sempre Grand Slam, independente do país que seja. Entendo que todo mundo cria uma expectativa muito grande por estarmos sediando a competição, mas temos grandes atletas capacitados e, principalmente, atletas jovens da equipe de base, que estarão no Mundial Sub-21. Queremos que dê frutos, estamos semeando para que dê frutos no futuro", explicou Rosicleia Campos, coordenadora da seleção brasileira feminina de judô.

Com entrada franca, a promessa é de grande público no Centro Internacional de Convenções do Brasil. O que anima os judocas para as grandes lutas que terão pela frente.

"Gosto muito de lutar em casa, com a torcida a favor, me sinto bem assim. É uma pressão a mais, porém eu gosto desse clima e da motivação que eles passam pra gente. Isso ajuda muito na competição e espero que seja assim todos os dias, para que façamos uma boa campanha", disse Mayra Aguiar.

O Grand Slam Judô Brasília acontece de 6 a 8 de outubro, com entrada franca e as preliminares começando a partir das 10h30, enquanto as finais são disputadas a partir das 16h, horário de Brasília.

Foto: Rafal Burza/CBJ





Veja Também
26/02/21 13:59 Zempo, sistema de gestão da CBJ, passa por atualização e ganha novas funcionalidades 24/02/21 17:11 Nota de pesar - Francisco de Carvalho Filho 20/02/21 14:14 Maria Suelen Altheman conquista a medalha de bronze no último dia de Grand Slam de Tel Aviv 19/02/21 17:02 ELEIÇÕES CBJ - Conheça as chapas registradas no pleito para a presidência da CBJ 19/02/21 10:17 Rafael Macedo, Leonardo Gonçalves e Maria Suelen Altheman lutam neste sábado, 20, em busca dos primeiros pódios do país no Grand Slam de Tel Aviv 18/02/21 09:52 Judô brasileiro tem vitórias de Allan Kuwabara e Willian Lima, mas fecha primeiro dia em Tel Aviv sem medalhas 17/02/21 16:53 Brasileiros conhecem seus primeiros adversários no Grand Slam de Tel Aviv, que começa nesta quinta-feira, 18 11/02/21 17:33 Federação de Judô de Roraima comemora 26 anos de fundação 11/02/21 15:18 Árbitros brasileiros são convocados para Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tóquio 2020 10/02/21 10:59 Após treinos em Pinda, judô brasileiro volta as atenções para o Grand Slam de Tel Aviv
PATROCINADORES
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Apoio
Travel Ace Assistance
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB