Voltar para o topo

Notícias

28/05/18 14:06

Judocas brasileiros conquistam mais duas pratas e dois bronzes no segundo dia de Jogos Sul-Americanos

Gabriella Moraes (63kg) e David Lima (73kg) ficaram com a prata, enquanto Gabrielle Gonzaga (57kg) e Tiago Pinho (81kg) conquistaram bronze nesta segunda-feira, em Cochabamba

Nesta segunda-feira, 28, segundo dia de competições dos XI Jogos Sul-Americanos de Cochabamba 2018, o judô brasileiro repetiu o desempenho do primeiro dia e os quatro atletas que lutaram foram para as disputas por medalhas, conquistando duas pratas e dois bronzes. Agora, o Brasil tem dois ouros, três pratas e três bronzes no judô, que segue com 100% de aproveitamento.    

O primeiro pódio do dia foi garantido por Gabriella Moraes (63kg), que conquistou a prata no meio-médio feminino ao vencer três das suas quatro lutas no sistema de rodízio. Ela derrotou Estefanía García (ECU), Anette Aguilar (BOL) e Gimena Laffeuillade (ARG), por ippon. A única derrota foi por waza-ari diante de Anriquelys Barrios (VEN), que ficou com o ouro da categoria. 

David Lima (73kg) também ficou com a prata ao cair por ippon na final contra o peruano Alonso Wong. Nas preliminares, David venceu Sergio Mattey (VEN) e Leider Navarro (COL). 

Em seguida, Gabrielle Gonzaga (57kg), caçula da equipe com apenas 17 anos, levou o bronze ao bater Abi Cardozo (ARG). Gonzaga estreou nas quartas com derrota para Wisneybi Machado (VEN), mas recuperou-se na repescagem contra Milka Quispe (BOL). 

Tiago Pinho (81kg) também venceu sua disputa por medalha e ficou com o bronze ao derrotar o uruguaio Alain Aprahamian. Nas preliminares, Pinho havia perdido para Luis Vega (ARG), nas quartas, e venceu Juan Bahamon (COL) na repescagem.

As disputas do judô continuam nesta terça-feira, 29, e terão início às 15h (horário de Brasília). Bruna Campos (70kg), Laislaine Rocha (78kg), Giovani Ferreira (90kg) e Leonardo Gonçalves (100kg) serão o Brasil no tatame no penúltimo dia de competição. Os pesados Luiza Cruz (+78kg) e João Cesarino (+100kg) lutarão na quarta-feira, 30, último dia de disputas do judô.  

Em Cochabamba, o campeão mundial de 2007, Luciano Corrêa, pela primeira vez, será o responsável por chefiar a delegação de judô. A comissão técnica é composta pelos técnicos Marinho Esteves e Alexandre Katsuragi ao lado da nutricionista Roberta Lima e do médico Rodrigo Furtado.  

Medalhistas - Judô

OURO
Larissa Pimenta (52kg)
Michael Marcelino (66kg)

PRATA
Robson Penna (60kg)
Gabriella Moraes (63kg)
David Lima (73kg)

BRONZE
Larissa Farias (48kg)
Gabrielle Gonzaga (57kg)
Tiago Pinho (81kg)

Foto: Rede do Esporte





Veja Também
05/12/19 10:52 Homenagens, planejamento para 2020 e adesão em massa da arbitragem: o sucesso do I Encontro Nacional de Arbitragem da CBJ 03/12/19 15:56 Seleção Brasileira de Judô segue preparação para o World Masters chinês em Tenri, no Japão 02/12/19 17:28 Três meses após dar à luz, judoca é campeã brasileira e sobe ao pódio com filho nos braços 02/12/19 11:38 Judocas de 16 estados conquistam medalhas no Campeonato Brasileiro Sênior de Judô 01/12/19 13:21 Resultados finais - Campeonato Brasileiro Sênior 30/11/19 18:31 Primeiro dia de Campeonato Brasileiro Sênior define bronzes e finalistas de todas as categorias 30/11/19 17:34 Chiaki Ishii é homenageado pela CBJ e recebe a comenda da Ordem do Mérito do Judô Brasileiro 28/11/19 17:32 Balneário Camboriú (SC) protagonizará momento histórico da arbitragem de Judô do Brasil, nesta sexta-feira, 29 28/11/19 11:45 Delegações desembarcam em Balneário Camboriú nesta sexta, 29, para disputa do Campeonato Brasileiro Sênior de Judô 27/11/19 14:39 Belo Horizonte recebe a 1ª Copa Luciano Corrêa de Judô
PATROCINADORES
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Apoio
Travel Ace Assistance
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB