Voltar para o topo

Notícias

21/01/17 17:31

Equipes médica e de fisioterapia realizam testes com atletas do Sub 21

Judocas que participaram do Meeting e permaneceram para o treinamento de campo foram avaliados. Objetivo é criação de banco de dados e parâmetros para controle e prevenção de lesões

Um dia após disputarem o Meeting Sub 21, o sábado, 21 de janeiro, foi de mais testes para os jovens talentos do judô brasileiro que permanecerem em Pindamonhangaba para o Treinamento de Campo. Algo semelhante com o que foi feito com os judocas do Sub 18. Os médicos e fisioterapeutas da Confederação Brasileira de Judô realizaram uma série de avaliações nos atletas com o objetivo de criar parâmetros para controle e prevenção de lesões ao longo da temporada esportiva.

Os atletas realizaram testes como SEBT- MODIFICADO, que avalia déficits de autopercepção nos membros inferiores e o equilíbrio postural de forma dinâmica; e o CKCUEST, testes realizado para avaliar a performance de movimentos do ombro de cada atleta. Além disso, foi realizada uma avaliação do tempo de reação cognitiva e tempo de reação motor de cada atleta, com o Vienna Test System, equipamento computadorizado que foi disponibilizado pelo Laboratório de Psicologia do Esporte da UFMG (LAPES-UFMG).

“Com os resultados destes testes todos os atletas serão acompanhados e melhor trabalhados por meio de estratégias preventivas, associadas com o trabalho conjunto da preparação física e os treinamentos técnicos e táticos, sempre com o objetivo de diminuir a incidência de lesões e conseguir melhorar a performance do judoca”, disse Gustavo Braga, fisioterapeuta das equipes de base.

Outra ferramenta que está sendo utilizada pela equipe de fisioterapia é a avaliação por meio de câmera fotográfica térmica.

“Esse tipo de avaliação tem o intuído de auxiliar no diagnostico e avaliações de lesões dos atletas, contribuindo na intervenção precoce e na elaboração de estratégias de reabilitação e prevenção”, completou Braga. Além dele, participaram das avaliações os fisioterapeutas Thiago Vinicius Ferreira, Christian Almeida, Rafael Russo, Gabriel Mendes e Caio Baena e o psicólogo André Lima.

Já os médicos Mateus Saito, Guilherme Garofo e Caio Senise, além da terapeuta ocupacional Daiane Dalla Pria, conduziram testes ortopédicos e de força de preensão manual e de pegada (ulnar). O objetivo foi criar um banco de dados para acompanhar a evolução dos atletas ao longo de suas carreiras.

“No judô, é fundamental termos detalhes sobre a pegada. Os testes vão dar um parâmetro para esses atletas e, assim, eles saberem em que precisam trabalhar e evoluir. E também se eles vieram a se machucar, esses testes vão ajudar a definir o grau de recuperação”, disse Saito, médico especialista em mãos.

Todos os atletas receberam um relatório completo com os resultados dos testes realizados pelos fisioterapeutas, e assim poderão compartilhar com os clubes. Propiciando uma maior integração entre Seleção Brasileira de judô e clubes.






Visualizar mais fotos


Veja Também
21/11/19 15:58 Campeonato Brasileiro Sênior de Judô reunirá atletas de todo o Brasil em Balneário Camboriú no encerramento da temporada 2019 21/11/19 15:49 Confira os resultados e destaques do Judô nos Jogos Escolares da Juventude Blumenau 2019 21/11/19 11:24 Brasileiros conhecem primeiros adversários no Grand Slam de Osaka 19/11/19 16:41 Concentrada em Hamamatsu, seleção de judô faz ajustes finais para o Grand Slam de Osaka 18/11/19 14:45 CBJ realizará I Encontro Nacional de Arbitragem, no próximo dia 29 18/11/19 12:11 Douglas Potrich e Marcus Agostinho vão a Blumenau observar o judô nos Jogos Escolares da Juventude 13/11/19 15:45 Seleção brasileira de judô é convocada para o último Grand Slam do ano, em Osaka, no Japão 12/11/19 17:54 Em Brasília, CBJ debate participação de atletas e preparação para Tóquio, na Comissão do Esporte, da Câmara dos Deputados 11/11/19 15:34 Em ação de integração com Federação, CBJ recebe visita de dirigentes e árbitros do Rio de Janeiro 11/11/19 10:59 Brasil fatura 50 medalhas nos Pan-Americanos Sub-13 e Sub-15 de Judô disputados no México
PATROCINADORES
PATROCINADOR OFICIAL
FORNECEDOR OFICIAL
Apoio
PARCEIROS DE MÍDIA
Apoio
Travel Ace Assistance
Siga-nos nas redes sociais
Confederação Brasileira de Judô
Horário de funcionamento: Segunda à Sexta das 9h às 18h
Rua Capitão Salomão, 40 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ / Brasil / CEP: 22271-040
Tel: 55 21 2463-2692 / Fax: 55 21 2462-3274
Website por RDWEB